Solenidade marca posse de nova direção e lançamento de selo comemorativo pelos 10 anos do CCEA

18 de outubro de 2016

O Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas (CCEA), localizado no Câmpus VII da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Patos, está com nova direção. Os professores Adriano Homero Vital Pereira e Odilon Avelino da Cunha foram empossados como diretor e diretor adjunto do Centro, em substituição as professoras Cheyenne Ribeiro Guedes Isidro Abílio e Lidiane Rodrigues Campelo da Silva. A solenidade de posse foi presidida pelo reitor Rangel Junior e realizada na manhã desta segunda-feira (17), no Auditório do Centro.

Além dos diretores também tomaram posse os coordenadores e coordenadores adjuntos do  Bacharelado em Administração e das licenciaturas em Matemática e Física. Foram empossados os professores Ayalla Cândido Freire e Sibele Thaíse Viana Duarte, na coordenação do Bacharelado de Administração; Marcelo da Silva Vieira e Rodrigo César Fonseca da Silva, como coordenadores do curso de Física; e os professores Elias Dias Coelho Neto e José Ginaldo Souza Farias, como coordenadores do curso de Matemática.

Há dois anos a frente do CCEA, a professora Cheyenne Ribeiro fez um discurso de despedida. Emocionada, ela disse que dirigir o Centro foi uma experiência enriquecedora e gratificante. Cheyenne enfatizou que mesmo em meio às dificuldades econômicas e financeiras, a sua gestão, com a ajuda da Administração Central, realizar algumas ações importantes, a exemplo da climatização de todos os espaços do Câmpus, a conclusão da Praça de Vivência e a instalação da academia que, em breve, estará em funcionamento, além da instalação de novos computares e contratação de professores.

Já investido do cargo de diretor, o professor Adriano Homero prometeu fazer uma gestão participativa e compartilhada, envolvendo efetivamente os professores, técnicos e estudantes. Ele disse que tinha consciência das dificuldades que irá enfrentar, como reflexos de um problema nacional, mas acredita que conseguirá superar todas com a colaboração de todos os segmentos da instituição. “Muitas são as nossas expectativas, mas temos que ser sensatos e estar cientes das nossas limitações. Por isso vamos fazer uma gestão baseada em cima de dois princípios: gestão cooperativa e decisões compartilhadas”, afirmou.

Presidente da solenidade, o reitor Rangel Junior desejou êxito aos diretores e destacou os desafios que os novos gestores enfrentarão para resolver conflitos e problemas. Rangel Junior considerou importante a implantação de um modelo de gestão compartilhada, principalmente nos tempos de dificuldades. “Este é o melhor e maior aprendizado para qualquer gestor. É importante que os gestores busquem alternativas coletivas, que busquem resolver os conflitos através do diálogo”, destacou.

Rangel enfatizou que a missão de eliminar os conflitos do CCEA não é apenas dos gestores, mas de toda a comunidade acadêmica que precisa abrir mão das divergências para construir soluções participativas. O reitor observou ainda que os conflitos fazem parte da natureza humana, que sempre surgirão, mas é preciso colocar os interesses da Instituição acima de tudo e enfatizou que a Reitoria sempre estará aberta para ouvir, dialogar e, dentro das condições, tentar resolver os problemas do Centro.

Selo comemorativo

Durante a solenidade de posse também aconteceu o lançamento do selo comemorativo pelos 10 anos do CCEA. O lançamento foi feito pelo diretor dos Correios, José Bonifácio de Medeiros, que representou o gerente regional, José Pereira da Costa Filho. As obliterações foram feitas pelo reitor Rangel Junior, pelo diretor Adriano Homero, pela professora Maria Eunice Carvalho, pelo técnico administrativo Jean Carlos Almeida e pela estudante de Física Aline Marques.

O representante dos Correios fez um relato histórico da presença dos Correios no país e na vida do povo paraibano, destacando que o selo personalizado tem um forte significado e servirá  como instrumento que marca a passagem dos 10 anos do Câmpus de Patos, rompendo as fronteiras do Estado. A emissão do Selo Personalizado, segundo ele, é um reconhecimento dos Correios e Telégrafos à contribuição que a UEPB tem dado ao longo de 10 anos para o desenvolvimento de Patos. “Essa é uma forma de os Correios prestar uma merecida homenagem aos que fazem a UEPB na Morada do Sol”, disse.

O reitor Rangel Junior agradeceu a homenagem ao Câmpus de Patos e disse que mesmo com o advento das novas tecnologia e da internet, o selo ofertado pelos Correios ainda tem grande significado e se constitui em um instrumento de propagação e conhecimentos que transpõe fronteiras. “Os selos propagam histórias e eternizam momentos como um registro definitivo. Esse Câmpus agora passou a fazer parte da história dos Correios e Telégrafos”, frisou o reitor, prevendo que colecionadores da região irão comprar o selo para guardar parte da história de Patos e da UEPB.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos