Seminário promovido pela UEPB debaterá questões relacionadas ao sistema prisional e a Psicologia

19 de setembro de 2018

O Departamento de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com núcleos de pesquisa da UNESC e da CESREI, promove nesta quinta e sexta-feira, 20 e 21 de setembro, o 1º Seminário Sistema Prisional e Psicologia. O evento, de caráter acadêmico e científico, acontece no Auditório de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, e é destinado a construção de debates envolvendo professores e pesquisadores de diferentes Instituições de Ensino Superior.

A atividade também conta com a participação e contribuição de discentes pesquisadores da UEPB e ocorrerá em forma de palestras e mesas redondas. A abertura será às 14h, com a participação dos professores Francinaldo do Monte Pinto, da UEPB; Valdeci Feliciano Gomes (CESREI e UNESC); e Silnara Araújo Galdino, psicóloga da Saúde na Gerência Executiva de Ressocialização do Sistema Penitenciário da Paraíba; além do tenente-coronel Sérgio Fonseca de Sousa, Secretário de Estado de Administração Penitenciária da Paraíba; Maria Zélia Araújo, coordenadora do NUPE da Unesc; e Fábio Ronaldo, coordenador do NUPEX da Cesrei.

As 14h30, será ministrada a palestra “Por Trás das Grades: Uma Análise Sobre o sistema prisional no contexto da Cidade de Campina Grande”, com a participação do pesquisador Valdeci Feliciano Gomes e colaboração das acadêmicas Luana Raquel Ferreira de Sousa e Melissa Piano Montenegro. O primeiro dia do evento terá ainda as palestras “Tráfico de drogas e sistema carcerário”, com o delegado Ramirez São Pedro; “Direito à segurança pública e sistema prisional”, com o advogado e professor Vinícius Lúcio de Andrade; “A história das prisões na obra de Michel Foucault”, com o professor Edmundo Gaudêncio; “Psicologia penitenciária e sua relação com os reclusos e agentes de segurança penitenciária”, com a especialista em Psicologia Jurídica, Silnara Galdino; e “Falhas no sistema prisional e aumento da criminalidade”, com o investigador criminal Júlio César da Cruz Silva.

Já na sexta-feira (21), a programação conta com as abordagens dos temas “A produção da morte no Brasil: análise dos homicídios”, com o professor Vanderlan Silva; “Facções criminosas e o sistema prisional, com o jornalista Lenildo Ferreira, o advogado Olímpio Rocha, com o diretor penitenciário Anselmo Costa e com o jornalista Saulo Nunes; “Prisão preventiva e a superlotação carcerária”, com o advogado Felipe Augusto de Melo; “Dificuldades na efetivação da progressão de regime”, com o advogado Pedro Ivo Leite; “Práticas integrativas e complementares e a construção das redes solidárias de cuidado em saúde no sistema prisional feminino de Campina Grande, com a professora Maria Valquíria Nogueira; e “O castelo de bonecas como instrumento de ressocialização na Penitenciária Feminina de João Pessoa”, com a diretora penitenciária Cynthia Almeida.

Para participar, os interessados devem fazer a entrega de 1 Kg de alimento não perecível ou item de higiene pessoal, que posteriormente serão doados a instituições de caridade de Campina Grande.

Texto: Severino Lopes