Semana Acadêmica de Odontologia Campinense discute os avanços da área e o futuro da profissão

3 de outubro de 2017

O passado do curso de Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), desde o seu nascedouro, praticamente no surgimento da Instituição; o presente com as inovações e os aparatos tecnológicos; bem como o futuro da profissão, com seus desafios e exigências estão sendo debatidos na 2ª Semana Acadêmica de Odontologia Campinense (SEOC).

Promovido pelo Departamento de Odontologia da UEPB do Câmpus de Campina Grande, o evento, que começou nesta terça-feira (3) e prossegue nesta quarta-feira (4), está reunindo mais de 300 pessoas, entre alunos novatos e veteranos das graduações de Odontologia dos câmpus I e VIII, alunos de pós-graduações, cirurgiões dentistas e dentistas da rede municipal. Palestras, mesas redondas e exposições de trabalhos acadêmicos movimentam os dois dias de atividades.

A abertura oficial aconteceu na manhã desta terça-feira, Dia do Dentista, no Auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP). A solenidade de abertura contou com a presença do reitor Rangel Junior; da professora Nadja Oliveira, chefe do Departamento de Odontologia; da professora Kátia Simone Alves, coordenadora do curso no Câmpus I; da professora Rilva Suely, diretora adjunta do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS); da professora Denise Nóbrega, chefe adjunta do Departamento; e da professora Ana Arruda Meira, coordenadora adjunta do curso de Odontologia; além da delegada do Conselho de Odontologia de Campina Grande, Suelda Figueiredo; e do secretário de Planejamento do município, André Agra, que representou o prefeito Romero Rodrigues.

Ao abrir o evento e recepcionar os participantes, o reitor Rangel Junior destacou que o curso de Odontologia foi pioneiro na Paraíba e é um dos mais antigos da Instituição, tendo nascido a partir do espírito visionário de profissionais da área, que criaram a Sociedade Odontológica de Campina Grande, posteriormente, incorporado a Furne e ao CCBS. “É, de fato, um dos cursos mais destacados da Universidade, com um corpo docente focado na ciência, na formação e na qualidade do trabalho. Então, celebrar o Dia do Odontólogo na UEPB é algo importante. Além de destacar aspectos da formação, é um momento de reflexão e de congraçamento”, frisou.

Rangel Junior lembrou que, há pouco mais de 10 anos, um estudo sobre o perfil do estudante de Odontologia revelou que a maioria dos graduandos do curso eram oriundos da rede particular. Para mudar essa realidade, a UEPB adotou o sistema de cotas sociais para alunos advindos das escolas públicas, favorecendo um novo cenário no curso. Após essa mudança, o curso cresceu ainda mais, ganhou um Mestrado e um Doutorado, tornando-se referência na região e em outros estados. “Isso revela que há uma expertise e uma qualidade instalada na área”, salientou.

Responsável pela palestra de abertura, o professor e pró-reitor de Extensão da UEPB, José Pereira da Silva, fez uma ampla exposição do tema “O papel da extensão na universidade brasileira, na UEPB e na Odontologia”. Ele traçou detalhes sobre a história da extensão no país e, particularmente, fez uma apresentação das atividades desenvolvidas na UEPB. Em sua exposição ele mostrou como os trabalhos extensionistas podem melhorar a vida das pessoas e contribuir na formação dos acadêmicos.

Pereira também apresentou dados da Extensão na UEPB que, em 2016, contou com 412 projetos e 34 programas, nas oito grandes áreas do conhecimento, tendo envolvido 1.053 professores e 2.093 alunos de 25 cursos, perfazendo um total de 83.477 atendimentos. O pró-reitor enfatizou que Odontologia é um terreno fértil para a Extensão e, nesse sentido, tem boas experiências, a exemplo do “Doutores do Sorriso”, entre outras iniciativas. Além de apresentar o cenário atual, ele apontou para outros desafios, sobretudo destacando a importância de mais estudantes de Odontologia se envolverem em projetos e programas de extensão.

O curso também é destaque na pesquisa, conforme destacou a professora Jozinete Vieira Pereira Marques, que coordena a área no Departamento. Na Cota 2017/2018, o curso teve 48 projetos de pesquisas aprovados, o dobro das cotas 2015/2016 e 2016/2017, quando 24 propostas foram aprovadas em cada cota. Essas atividades envolvem 65 professores e 140 estudantes.

Como organizadora da Semana Acadêmica, a professora Nadja Oliveira Britoressaltou que o objetivo do evento é comemorar o Dia do Cirurgião Dentista, celebrado mundialmente no dia 3 de outubro, mas que no Brasil é comemorado no dia 25. Ela destacou que durante os dois dias serão debatidos por especialistas temas que mostram a realidade atual e o futuro da profissão, além de tratar do tripé ensino, pesquisa e extensão no Brasil, no contexto da UEPB e do mundo.

Sobre o mercado de trabalho, a professora observou uma mudança no cenário, visto que hoje o odontólogo não atua apenas no consultório, mas pode desenvolver trabalhos de pesquisa e até atuar como empreendedor, devido a inovação tecnológica.

Paralela às palestras e mesa redonda, acontece uma exposição de trabalhos de extensão dos estudantes de Odontologia. No total, 50 banneres estão expostos. O Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) expôs o Laboratório de Tecnologias 3D, com a moderna impressora que produz biomodelos de protótipos para cirurgias nas áreas da saúde.

A programação do evento continua nesta quarta-feira com as palestras “O exercício da profissão na Odontologia: o que mudou com as inovações tecnológicas”, ministrada pela professora Nadja Oliveira; “Os cursos de graduação de Odontologia no Brasil e o contexto atual do nosso curso na UEPB”, ministrada pela professora Kátia Santos, coordenadora do curso; e “O papel dos técnicos administrativos no exercício acadêmico e de prestação de serviços e suas relações interpessoais com docentes e discentes”, a ser proferida pela técnica Ana Luíza, doutoranda do PPGO. Também integram a programação uma mesa redonda com entidades de classes, abordando o tema “Mercado da profissão de cirurgião dentista”.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos