Segunda edição do Festival Universitário de Artes da UEPB é aberto com debate e apresentação cultural

6 de abril de 2016

Foto01

Na manhã desta quarta-feira (6), foi aberta a segunda edição do Festival Universitário de Artes (Fuá). Iniciativa do Diretório Central dos Estudantes (DCE) e da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), o evento começou com uma apresentação da Banda de Música da EAC/UEPB, oriunda do Câmpus IV, localizado em Catolé do Rocha, e em seguida contou com uma mesa de abertura. A Banda de Música da EAC/UEPB chamou o público à animação com um repertório que contemplou músicas novas e antigas. Acompanhada por dois bailarinos, em graciosas evoluções, ela passou por diversos pontos do Campus I, encerrando sua apresentação na rua paralela à sede do DCE.

No Pavilhão das Artes, a mesa de abertura reuniu o pró-reitor de Cultura da UEPB, o professor e artista plástico Chico Pereira, que representou o reitor Rangel Junior, o diretor adjunto do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA) do Câmpus IV, Rômulo Lima, o presidente do DCE, Johnny William, e o coordenador de câmpus do DCE, Felipe Lucas Powell.

Foto02

Para Chico Pereira, o Fuá deste ano demonstra a maturidade do corpo discente envolvido na execução do evento. “O Festival traz uma programação rica, muito diversificada e bem elaborada. É com grande satisfação que fazemos parte dele. Arte também significa congregar e nesses três dias os participantes se reunirão ao redor de iniciativas que prezam pela criatividade, a alegria e a curiosidade, e o nosso desejo é que todos possam aproveitar essa conjunção favorável ao usufruto do entretenimento, do aprendizado e da criação artística”, afirmou.

Em sua fala, Johnny William destacou que uma das intenções do Fuá é justamente mostrar a riqueza cultural da Paraíba, enfatizando a necessidade de valorizá-la. “A programação também foi pensada tendo isso em vista. Ficamos felizes, além disso, pelo festival ser centrado na democratização da Arte, pois sabemos o quanto ela é necessária à formação”, ressaltou.

Dezenas de estudantes, professores e técnico-administrativos se fizeram presentes à abertura do evento. Estrelada, a plateia também contou com o ilustrador Jô Oliveira, o músico Escurinho e o ator Chico Oliveira. Os três participam do Festival ministrando oficinas.

“Forró em Vinil”

Chico Pereira aproveitou a oportunidade para divulgar que na quinta-feira (7), a partir das 10h, no Pavilhão das Artes, será oficializada a doação do acervo do “Forró em Vinil”, um site idealizado pelo produtor cultural Ivan Dias. O endereço eletrônico dispõe de um amplo material no gênero, com mais de 3.700 discos disponíveis (entre LPs, CDs, compactos e 78 RPM), em cerca de 4.100 postagens, abarcando textos, vídeos, fotos e afins.

A “doação” ocorrerá durante a mesa redonda “História da Música Pop Brasileira e Forró em Vinil”, da qual participam Fernando Moura, Assis Ângelo e Ivan Dias. De acordo com o pró-reitor de Cultura, com esta institucionalização, a UEPB receberá todo o acervo de cerca de 20 colecionadores de discos de forró tradicional que vivem em diversos Estados do país, a digitalização dos vinis, das imagens das capas, selos e fotos de época, a catalogação dos discos e artistas, levando também os mais de 2 mil acessos diários, de diferentes usuários no portal, e os cerca de 1.500/dia na rádio online, que toca forró tradicional 24 horas por dia, sem intervalos comerciais nem locuções.

“É uma verdadeira enciclopédia no que se refere à discografia do forró tradicional e da música nordestina, que estará aberta para consultas de pesquisadores e, sobretudo, de quem for amante do gênero e desejar conhecer mais dele”, destacou Chico Pereira. O site Forró em Vinil, conforme acrescentou o pró-reitor, será vinculado ao Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP).

Ivan Dias explanou que recebeu algumas propostas de monetarização do acervo, mas recusou por acreditar que o projeto perderia a essência. “A gratuidade e a facilidade no acesso são importantes para a perpetuação do forró e na difusão desse conteúdo para os jovens de hoje e do futuro. A institucionalização do site pela UEPB será o reconhecimento do nosso trabalho e a certeza que o acervo estará para sempre em boas mãos”, asseverou.

Conheça o Forró em Vinil aqui [http://www.forroemvinil.com/]

Texto: Oziela Inocêncio
Fotos: Uirá Agra