Realização de oficinas marca início do 15º Seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação

12 de novembro de 2018

Teve início na manhã desta segunda-feira (12), na Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, o 15º Seminário “Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular”, promovido pela UEPB e pela Rede Brasileira de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom). O evento, que segue até quarta-feira (14), terá sua abertura oficial hoje à noite, com a conferência “O protagonismo juvenil nas manifestações da Folkcomunicação e da Cultura Popular”.

Mas as atividades do evento já começaram, com diversas oficinas, dentre elas a oficina sobre fake news, com Sandra Regina Moura (UFPB); “Folkcomunicação, epistemologias do sul e descolonização das ideias”, com Itamar Morais e Emanuele Freitas (UFRN); e “Jornalismo e Educomunicação”, com Felipe Valentim (TV Paraíba). Segundo a professora Ada Guedes, organizadora das oficinas, o Folkcom é um evento marcado principalmente pelo engajamento estudantil, reunindo muitos alunos voluntários. “Todo ano temos uma procura muito grande dos estudantes, tanto para participar das oficinas como para compor a organização do evento. Apesar de estarmos ainda nos primeiros momentos, faço uma avaliação extremamente positiva”, disse.

Um diferencial desta 15ª edição foi a inclusão das atividades do projeto de extensão “Comunicurtas Itinerante” na programação. De acordo com Hipólito Lucena, coordenador de Comunicação Institucional da UEPB e responsável pelo Festival Comunicurtas, a ideia de integrar as atividades deste ao Folkcom surgiu com a finalidade de afinar as duas propostas ao protagonismo juvenil, sendo esta a temática do evento. “Há algum tempo buscamos capacitar alunos e ex-alunos para estarem envolvidos com os projetos do Comunicurtas e para se tornarem agentes efetivos e replicadores dos saberes”, explicou Hipólito, acrescentando que as práticas desenvolvidas no Comunicurtas Itinerante encontraram grande receptividade por parte dos organizadores e dos participantes.

Pela manhã, foram ministradas por equipes da UEPB e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) as oficinas “O papel do repórter cinematográfico”, com Hipólito Lucena; “A produção de conteúdos para dispositivos móveis”, com Carol Santos; e “Fotografia com o celular”, com Juliana Rodrigues e Maria Ivana. O resultado das atividades, com o material jornalístico e cinematográfico produzido, será exibido durante o encerramento do evento, na quarta-feira (14). Outras informações podem ser obtidas no site do evento, acessível no endereço https://folkcomuepb.wordpress.com/.

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues