Projeto de Extensão da UEPB orienta população sobre práticas de controle dos cupins urbanos

20 de setembro de 2016

O projeto “Cupins Urbanos”, desenvolvido pela equipe do Laboratório de Ecologia de Térmitas (LET) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está disponibilizando um serviço gratuito à população que deseja tirar dúvidas a respeito dos cupins urbanos. Coordenado pela professora doutora Maria Avany Bezerra Gusmão, o projeto está com uma nova etapa. Segundo o biólogo e colaborador da iniciativa, Bruno Guedes da Costa, além do atendimento à população, os estudantes e professores envolvidos no projeto estão realizando entrevistas com agentes de dedetização do município.

Vinculado aos editais PROBEX/2015 e PROAPEX/2015 da UEPB, o projeto vem sendo realizado há quatro anos, tendo como objetivo entender melhor o conhecimento que a população tem sobre os cupins e como é a sua interação com esses insetos. Os pesquisadores envolvidos fazem a orientação da população e conscientizam sobre as práticas para lidar com infestações de cupim para melhorar o manejo e reduzir o uso de inseticidas, os quais acabam por selecionar espécies residentes.

No primeiro ano do projeto, foram feitas visitas aos bairros de Bodocongó, Monte Castelo, Monte Santo e Santa Rosa. Em 2014, aconteceu um workshop na UEPB para debater com a comunidade universitária a relação entre seres humanos e os insetos. Os cupins, segundo os pesquisadores, têm um importante papel ecológico, porque se alimentam também de restos de troncos de madeira, acelerando o processo de decomposição e ciclagem de nutrientes no solo. Entretanto, muitas espécies se adaptaram em meios urbanos, gerando muitos problemas para a população.

Atualmente, integram o projeto, os estudantes do curso de Biologia, Igor Eloi e Claudilene Correia. Os interessados em solicitar alguma informação ou orientação sobre como lidar com cupins pode fazer contato pelo e-mail cupinsurbanosuepb@hotmail.com ou pelo telefone (83) 3315-3300 Ramal 3530.

Texto: Severino Lopes