Nutes da UEPB busca firmar parceria para colaborar com pesquisas sobre microcefalia

25 de novembro de 2016

O Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está próximo de firmar uma parceria para colaborar com as pesquisas e a assistência às crianças com microcefalia. Os primeiros contatos haviam sido feitos durante visita dos pesquisadores do Nutes, Frederico Bublitz, Andrei Guilherme Lopes e Daniel Scherer ao Hospital Pedro I, onde as crianças são atendidas.

Dando continuidade ao planejamento da parceria, o Nutes recebeu no final da tarde desta quinta-feira (24) a visita da médica Adriana Melo, primeira a apresentar provas da relação entre o vírus da zika e os crescentes casos de microcefalia, e da diretora técnica do Hospital Pedro I, Alba Gean Medeiros, representando a Secretaria de Saúde de Campina Grande.

Durante o encontro, foram apresentadas as pesquisas que o Nutes pode desenvolver em conjunto para melhorar a assistência e a qualidade de vida das crianças com microcefalia.  “A ideia é utilizar nossa expertise em tecnologias aplicadas à saúde para colaborar com as pesquisas que já estão sendo realizadas e dessa formar melhorar a qualidade de vida e assistência às crianças com microcefalia. Nossa contribuição tem como maior objetivo proporcionar essa melhoria, inclusive para as mães e cuidadores das crianças”, comentou Frederico Bublitz.

A médica Adriana Melo destacou que a participação do Nutes será importante para compreender melhor os novos casos de microcefalia. “Não sabemos qual vai ser a evolução e a tecnologia pode ajudar muito essas crianças. A gente já identificou alguns pontos que podemos trabalhar em conjunto. Tenho certeza de que será uma excelente parceria porque além da pesquisa teremos o mais importante: que é a melhoria da qualidade de vida das crianças”, frisou Adriana.

Texto e fotos: Leonardo Alves