Novos gestores do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais são empossados para o biênio 2016/2018

14 de abril de 2016

Posse Lagoa Seca (15)

Em solenidade presidida pelo reitor Rangel Junior e acompanhada por professores, técnicos administrativos e estudantes, tomaram posse nesta quinta-feira (14), os novos diretores, chefes de Departamento e coordenadores de Curso do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca. Na mesma solenidade, realizada no Auditório do CCAA, foram empossados os novos diretores da Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC). Reeleito para um segundo mandato, o professor Suenildo Jósemo Costa Oliveira foi empossado como diretor, tendo como diretor adjunto o professor Diego Gonçalves Neder.

Na direção da Escola Agrícola, tomaram posse os professores José Félix de Brito Neto e Alde Cleber Silva de Lima, como diretor e diretor adjunto respectivamente. Para a chefia de Departamento de Agroecologia e Agropecuária, foram empossados os professores Mário Sérgio Araújo e Dijair de Queiroz Lima. Foram empossados ainda, a professora Shirleyde Alves dos Santos, na coordenação do Curso de Agroecologia, e a professora Maria do Socorro Bezerra, na coordenação do Curso Técnico, tendo como adjunto o professor Antônio Araújo Duarte.

Empossado para um segundo mandato, o professor Suenildo reafirmou seu compromisso de continuar trabalhando pelo crescimento e consolidação do Câmpus II, destacando estar consciente de sua responsabilidade, e pediu a colaboração de todos para conduzir os destinos do Câmpus. Ele também reconheceu o esforço da Reitoria em colaborar pelo crescimento do Centro e reafirmou a importância dessa parceria. “Espero trabalhar em parceria com a Reitoria, buscando sempre melhorias para o Câmpus”, afirmou. Como desafios, ele disse que o CCAA precisa avançar em novos cursos, além de melhorias na parte de infraestrutura, como construção de laboratórios e de novas salas de aula.

Após tomar posse como novo diretor da Escola Agrícola, o professor José Félix de Brito Neto agradeceu toda a comunidade universitária e revelou que o maior desafio de sua gestão será colocar o complexo de Agroindústrias para funcionar de forma plena. Ele também prometeu fortalecer as parceiras da UEPB com o Instituto Nacional do Semiárido (INSA), Sebrae e Embrapa, e disse que sua meta é despertar o espírito empreendedor dos estudantes da Escola.

O reitor Rangel Junior desejou boa sorte aos novos gestores e disse que o processo de renovação é marcante e sempre se reveste de vários significados, despertando em todos para uma reflexão em torno das mudanças de atitudes sempre visando ser uma pessoa melhor em todos os aspectos. “Considero esses momentos de renovação e transição importantes para entendermos que nós também precisamos nos renovar como pessoa”, observou. Ele disse que a partir de agora “todos têm uma missão como agentes públicos, a obrigação e o dever de agir pautados na ética e no respeito a coisa pública”.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos