Laboratório da Universidade Estadual agrega estrutura diferenciada na caracterização de biomateriais

28 de abril de 2016

Profissionalismo e tecnologia. Essas são características do projeto “Avaliação e desenvolvimento de biomateriais para aplicação no SUS e para registro na Anvisa”, desenvolvido pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), que originou o Laboratório de Avaliação e Desenvolvimento de Biomateriais do Nordeste (Certbio).

A unidade da UEPB se destaca pela caracterização dos mais diversos materiais associados à saúde, em parceria com a UFCG, sendo esta última unidade de referência nacional na validação do selo das próteses mamárias de silicone fabricadas no Brasil. Tal parceria permite a complementação do leque de opções de ensaios necessários no que diz respeito à caracterização de materiais.

Em funcionamento desde 2010, no Complexo de Pesquisa Três Marias, do Departamento de Farmácia do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), em Campina Grande, o laboratório realiza análises de fármacos, medicamentos, biomateriais e entidades químicas de forma geral. O foco das análises consiste nas caracterizações por cromatografia (técnica quantitativa que visa a identificação de substâncias e a separação/purificação de misturas usando propriedades como solubilidade, tamanho e massa), bem como análises térmicas e microscópicas, totalizando cerca de 2.100 análises no último ano.

Um dos segmentos de análise que merece destaque é o desenvolvimento de metodologias para identificar medicamentos e seus metabólitos em fluidos biológicos, trabalho desenvolvido em parceria com o Centro de Intoxicação e Assistência Toxicológica de Campina Grande – Ceatox-CG.

O Certbio possui uma estrutura formada por três unidades laboratoriais, sendo uma de Ensaios Térmicos (Calorimetria Exploratória Diferencial acoplada a sistema de resfriamento, Analisador Térmico Simultâneo e Analisador Térmico Diferencial), uma de Ensaios Cromatográficos (Cromatógrafo Líquido de Ultra Eficiência) e outra de Microscopia Óptica (Microscópio Óptico Digital HIROX).

Coordenado pela professora Rosemary Sousa Cunha Lima, do Departamento de Farmácia da UEPB, o Certbio possui corpo técnico qualificado de técnicos e farmacêuticos que trabalham de forma a garantir a exatidão das análises, imprescindíveis no caso de materiais associados a saúde humana.

O trabalho desenvolvido pelo Certbio tem como finalidade suprir as necessidades da comunidade acadêmica, hoje atendendo a diversos programas de pós-graduação, bem como a cursos de graduação. Sua parceria mediante convênio com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) permite participação no que diz respeito à prestação de serviços tecnológicos a empresas de produtos médicos, ao Sistema Nacional de Vigilância Sanitária e aos estabelecimentos de saúde ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Texto: Severino Lopes