Jogos Universitários da UEPB começam com disputas individuais nas categorias de atletismo, judô e xadrez

22 de setembro de 2017

Superação, força e técnica. Em busca por lugar no pódio, por quebra de recordes e estabelecimento de novas marcas, teve início nesta sexta-feira (22) a edição 2017 dos Jogos Universitários da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). A competição começou com mais de 100 atletas disputando medalhas nas categorias individuais de judô, xadrez e atletismo. Os jogos são uma realização da Pró-Reitoria Estudantil (PROEST), através da Coordenadoria de Esportes e Lazer (COEL).

A abertura solene dos jogos aconteceu no Ginásio de Esportes do Departamento de Educação Física (DEF), no Câmpus de Bodocongó. Participaram da solenidade o pró-reitor de Extensão, José Pereira da Silva; a pró-reitora Estudantil, Núbia Nascimento; o pró-reitor de Infraestrutura, Álvaro Luiz; o coordenador de Esportes da UEPB e coordenador do evento, professor Eugênio Moura; o chefe do Departamento de Educação Física, professor José Pereira do Nascimento Filho; e a diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), professora Alessandra Teixeira.

O reitor Rangel Junior, que também prestigiou o início das competições, ressaltou a importância da iniciativa. Ele enfatizou que os Jogos Universitários criam elementos de integração e congraçamento com a comunidade universitária e estabelece vínculos entre os estudantes e com a própria Instituição. “Nesse sentido, é uma iniciativa muito louvável e já se tornou parte do calendário da UEPB. A cada ano vamos trabalhar para melhorar”, destacou.

O pró-reitor de Extensão deu as boas vindas aos atletas e destacou que os jogos se constituem em um momento de integração entre os estudantes dos diversos centros da UEPB. Pereira lembrou que o esporte também ajuda na formação dos futuros profissionais. Já o professor José Pereira Filho, chefe do DEF, ressaltou que o Departamento tem se destacado por investir nos esportes como fonte de saúde. A professora Núbia Nascimento e o professor Eugênio Elói também recepcionaram os atletas, agradeceram pela presença e desejaram sorte na briga por medalhas e lugar de destaque no pódio.

As competições foram iniciadas logo após a solenidade de abertura. Nesse primeiro dia reservado para as disputas individuais. Mais de 150 atletas participaram das disputas que aconteceram no Ginásio de Esportes e na pista de atletismo do DEF, além do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT). Na pista de atletismo, os atletas masculinos brigaram por medalhas nas provas de 100, 200, 400, 1.5000 e 5.000 metros, além do revesamento 4 x 100, do arremesso de dardo e peso e no salto a distância.

Enquanto os atletas brigavam por medalhas na pista de atletismo, no tatame a disputa envolvia os judocas. O aquecimento, a medição do peso e o clima que antecedia as lutas revelavam o clima dos jogos. No total foram disputadas 26 lutas por atletas distribuídos em várias categorias. No CCT, ocorreram as disputas de xadrez, em clima de muita concentração. As disputas individuais dos Jogos Universitários da UEPB envolveram mais de 50 voluntários, incluindo os 20 árbitros, todos estudantes do curso de Educação Física da Instituição.

As atenções agora se voltam paras as disputas coletivas que acontecem entre os dias 27 e 29 de setembro, mobilizando a Pró-Reitoria Estudantil, os Centros de Ensino e Departamentos, Centros Acadêmicos e toda comunidade discente. No total, 430 atletas estão inscritos para as competições coletivas e disputarão medalhas nas categorias de Voleibol, Basquete, Handebol e Futsal. No dia 27 também serão realizadas as competições de Natação.

As provas coletivas serão disputadas no Ginásio de Esportes do Departamento de Educação Física, na Associação Atleta Banco do Brasil e no SESI. Realizado em formato inédito, os jogos têm como objetivo incentivar a prática do esporte na Instituição e promover a integração dos estudantes dos oito câmpus. O coordenador de Esporte e Lazer, professor Eugênio Moura, reafirmou que a Universidade pretende montar equipes e formar atletas individuais para participação nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs).

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Tatiana Brandão