Grupo de História da Ciência oferta curso sobre abordagem histórico-investigativa no ensino da Física

17 de fevereiro de 2020

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Grupo de História da Ciência e Ensino (GHCEN), vai ofertar o curso de extensão “Abordagem histórico-investigativa no Ensino de Física”. A iniciativa terá 60 horas/aula, sendo 30 horas presenciais e 30 horas à distância, ocorrendo em duas edições, uma para cada semestre deste ano. O público-alvo são professores e professoras de Física da Educação Básica e futuros professores, o que atenderá a demanda das licenciaturas em Física existente nas quatro instituições públicas de ensino superior da Paraíba.

Licenciandos voluntários no projeto também acabarão por se aprimorar na sua prática, uma vez que lidarão com a preparação do material e atuação como monitores nos 20 encontros previstos. O curso ocorrerá, quinzenalmente, às quintas-feiras à tarde, nas dependências do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), localizado no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

De acordo com a professora Ana Paula Bispo, coordenadora do GHCEN da UEPB e uma das organizadoras do curso, a proposta é formar um grupo de 24 professores ou futuros professores habilitados para o desenvolvimento da abordagem histórico-investigativa em sala de aula, aprimorando sua prática e ajudando na formação de estudantes mais críticos. As inscrições estão sendo feitas no endereço eletrônico https://ghcenuepb.wixsite.com/ghcen/ahi.

A abordagem histórico Investigativa (AHI) é apontada como uma das possibilidades de tornar o ensino de Física mais crítico e interdisciplinar. Ela se baseia na moderna historiografia da ciência, no ensino investigativo e na utilização de instrumentos e experimentos históricos para contextualizar o ensino e promover a investigação, aliada a conhecimentos sobre o fazer científico.

Os organizadores do curso de extensão observam que, apesar dos avanços científicos, permanece na literatura a lacuna de como desenvolver essa abordagem, uma vez que são vários os desafios enfrentados por professores em sala de aula. Dentre os desafios, eles citam a formação incipiente em história da ciência, e mesmo em metodologias diferenciadas, como os mais impeditivos do sucesso desta abordagem em sala de aula.

Considerando a expertise o GHCEN da UEPB na construção e utilização de experimentos históricos em sala de aula, já demonstrada em vários artigos, livros e dissertações de alguns membros, os responsáveis pelo projeto resolveram propor o curso de extensão para habilitar professores e futuros professores para a utilização da AHI, tendo como exemplo a história da eletricidade e do magnetismo entre os séculos 15 a 19. Além da professora Ana Paula Bispo da Silva, serão responsáveis pelo curso os professores Alessandro Frederico da Silveira e José Antonio Ferreira Pinto, além do técnico Thiago Araujo Silva.

Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail ahi.extensao.ghcen@gmail.com.

Texto: Severino Lopes