Gincana acadêmica compartilha experiências de alunos de Enfermagem da Universidade Estadual

24 de maio de 2018

Alunos do sétimo período do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) participaram nesta quarta-feira (23), na Central de Integração Acadêmica, em Campina Grande, de uma tarde muito animada e que fugiu completamente ao protocolo das aulas convencionais, mas que nem por isso deixou de ser fonte de compartilhamento de conhecimentos e experiências.

A 3ª Gincana Acadêmica, organizada semestralmente pela professora Sueli Aparecida Albuquerque de Almeida, envolvendo a disciplina “Processo de cuidar em centro cirúrgico”, testou as capacidades dos estudantes na matéria e também serviu para estimulá-los a realizar trabalhos em equipe, mostrar suas habilidades culturais e se envolverem em tarefas de solidariedade e amor ao próximo.

“Os alunos se envolveram completamente, com muita criatividade, e se mostraram bastante interessados na disciplina. É um ambiente novo e que traz especificidades dos centros cirúrgicos. Os alunos selecionaram colegas para responder questões das provas de conhecimento, fizeram cordéis e construíram maquetes bem criativas”, explicou a professora Sueli, que convidou para participarem como árbitros das provas os professores Thúlio Antunes de Arruda, chefe adjunto do Departamento de Farmácia; Manoel Freire, coordenador da Universidade Aberta à Maturidade (UAMA); e José Pereira, pró-reitor de Extensão da UEPB.

Como resultado das provas de coleta de roupas usadas e alimentos não perecíveis, o empenho dos alunos mostrou-se bastante satisfatório. No total, foram arrecadadas 4.594 peças de roupas, que serão vendidas em um bazar solidário na UEPB e o dinheiro arrecadado será doado ao Lar da Sagrada Face, em Lagoa Seca. Além disso, 1.064 itens de alimentos não perecíveis também foram reunidos em uma das provas e serão doados à Comunidade São Pio X, em Campina Grande, responsável por distribuir cestas básicas para famílias carentes cadastradas.

Ao término da gincana, o desfecho não poderia ser melhor: de acordo com os jurados, como a participação das equipes “Junina Cirúrgica Nordestina” e “Staff’s” foi muito efetiva e a diferença dos resultados foi de apenas um ponto, a comissão organizadora resolveu que as duas seriam vencedoras e determinou empate no resultado.

 

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues