Evento “180 – É pela vida das mulheres” marca comemorações pelo Dia Internacional da Mulher no CH

11 de março de 2020

Com a realização do evento “180 – É pela vida das mulheres”, na última segunda-feira (9), o Centro de Humanidades (CH) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) comemorou o Dia Internacional da Mulher. As atividades foram desenvolvidas nos turnos manhã, tarde e noite e envolveram o debate sobre a presença das mulheres no mundo e o fenômeno da violência contra o gênero feminino.

Na programação da manhã, houve um painel sobre o Dia 8 de março, explorando o longo processo de luta das mulheres. À tarde, houve uma mesa de debates sobre as violências contra as mulheres e o agravante racial, com a presença da mestra em Ciências Jurídicas, Terlúcia Silva; da assistente social Aline Martinells; e da advogada Milena Thainá Monteiro Cavalcante (OAB/Guarabira).

Já no turno da noite, a escritora Maria Valéria Rezende palestrou sobre a literatura e as relações sociais, passeando por trechos da sua vida em diferentes fases. Com uma fala vigorosa, ela destacou a importância do Nordeste e sua certeza da força do Brasil e sua gente. A escritora, que viveu muitos anos na região do Agreste paraibano, foi homenageada pelo senhor Alexandre Henriques com a estatueta do “Pavão Misterioso”, símbolo da literatura guarabirense, em decorrência do Romance do Pavão Misterioso, cordel escrito em Guarabira, no ano de 1923, pelo poeta popular José Camelo de Melo Rezende e que foi adaptado para o teatro, cinema, televisão e música.