Estudantes do CH têm contato com práticas de agricultura familiar em aula de campo no Curimataú paraibano

25 de outubro de 2016

auladecampoch2

Com o objetivo de conhecer, em lócus, as experiências dos agricultores familiares, especialmente no que se refere ao enfrentamento das questões ambientais, foi realizada, nesse final de semana, uma aula de campo na microrregião do Curimataú Oriental com estudantes dos Cursos de Geografia e Pedagogia do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira.

As visitas se delimitaram ao município de Solânea. A iniciativa partiu do professor Wolhfagon Costa de Araújo, do Departamento de Geografia. De acordo com ele, a primeira parada aconteceu na comunidade Salgado dos Souzas, onde os estudantes puderam verificar como os agricultores convivem com a seca e as tecnologias.

“Esta pequena propriedade tem recebido visitantes de várias partes do País e do exterior, bem como tem sido objeto de diversas reportagens em programas de televisão. Foi uma oportunidade para que os alunos compreendessem com mais precisão como os agricultores locais se relacionam com a ideia de desenvolvimento sustentável, ou seja, como lidam, por exemplo, com questões relacionadas ao armazenamento e uso de água e recuperação das matas”, disse o docente.

Em seguida, as turmas se deslocaram para o terreno onde são depositados os resíduos sólidos oriundos não apenas da cidade de Solânea, mas também de Cacimba de Dentro. A aula foi concluída com uma visita realizada à comunidade Videl. Nessa última localidade, os alunos conheceram o projeto de produção de mudas (sementeira) que abastece as pequenas propriedades com plantas nativas e frutíferas. “Foi um momento significante para todos, sobretudo pelo fato de podermos ouvir relatos enriquecedores das experiências de quem trabalha com a terra e respeita a natureza”, relatou Wolhfagon.

Além do conhecimento adquirido, os alunos de Pedagogia tiveram que preparar planos de aula de campo, voltados para a disciplina “Metodologia do Ensino da Geografia”. Já os estudantes de Geografia fizeram relatórios abordando a questão do destino do lixo no âmbito da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010).

As visitas também foram acompanhadas pelos dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Solânea, Josenildo, Antônio Cadete, Cícero e Maria da Penha.

Texto: Simone Bezerrill