Estudantes da UEPB visitam Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco em aula de campo

25 de agosto de 2016

Estudantes do 8º período do curso de Farmácia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), do Câmpus de Campina Grande, visitaram na manhã de quarta-feira (24) a Divisão de Sólidos do Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe). Formado por 20 alunos e dois professores, o grupo conheceu de perto as etapas do processo de produção dos medicamentos Lafepe e sua linha de embalagem primária.

Como resultado desta visita, os alunos devem produzir relatório para apresentação nas disciplinas de “Tecnologia farmacêutica” e “Farmacotécnica”, ministradas, respectivamente, pelos professores Geovani Pereira Guimarães e Bolívar Damasceno, que acompanharam o grupo.

“Nossa programação no Lafepe irá influenciar significativamente na vida profissional de nossos alunos, que puderam conferir, na prática, o que estudamos em sala de aula”, enfatizou o professor Geovani, ressaltando que irá programar outras visitas ao laboratório pernambucano.

O Lafepe é o único laboratório público do mundo a produzir remédio contra a doença de Chagas. Tem 51 anos de atuação e é o segundo maior laboratório público do Brasil, referencial de preços do mercado, apoiando a assistência farmacêutica de Pernambuco e em nível nacional, além de caracterizar-se como centro de desenvolvimento e produção de medicamentos de alta tecnologia. Em 1994, destacou-se como primeiro laboratório oficial, no Brasil, a produzir o Antiretroviral Zidovudina (AZT). Após anos de pesquisas e em parceria com universidades e outros laboratórios oficiais, desenvolveu o Efavirenz, que é uma Dose Fixa Combinada (DFC) que faz parte do coquetel Anti-Aids.

Colaboração: Assessoria Lafepe