Estudante de Odontologia conquista primeiro lugar em concurso nacional promovido pela ONG Turma do Bem

9 de novembro de 2016

rebeca-soaresA estudante Rebeca Valeska Soares Pereira, do 4º período do Curso de Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, foi a grande vencedora do concurso nacional “Estudante do Bem”, promovido pela ONG Turma do Bem, com o objetivo de destacar os jovens que percebem como a sua profissão pode mudar o mundo e impactar socialmente sua região.

O concurso mobilizou alunos de Odontologia de todo o Brasil através da produção de painéis com relatos de casos clínicos que evidenciem a realidade social e odontológica de uma criança ou adolescente de baixa renda entre 11 e 17 anos. Promovido desde 2012, o projeto já contou com a participação de quase 2 mil estudantes. No painel apresentado Rebeca relatou a história de Bia, uma garotinha que chamou sua atenção pelo fato de sempre estar com a mão junto a boca na tentativa de cobrir seu sorriso, pela vergonha que sentia porque seus dentes apresentam um grave quadro de descuido e de doenças bucais instaladas.

No relato, Rebeca mostrou as condições de vida de Bia, que reside junto com a família em um bairro afastado e negligenciado pelas autoridades públicas, sem saneamento básico ou sequer acesso a transporte público. A casa onde Bia mora com 10 familiares possui apenas três cômodos e a fonte de renda da família é o salário de autônomo do pai de Bia, senhor José, complementado pelo Bolsa Família, o que não dá condições para que a família tenha acesso aos serviços de saúde que pudessem evitar os problemas bucais que Bia enfrenta. Como vencedora, a estudante da UEPB ganhou um equipo odontológico completo.

Para a estudante, “ter a oportunidade de ficar pelo segundo ano consecutivo entre os finalistas do concurso foi uma honra sem tamanho. A premiação, claro, era muito desejada, no entanto, estávamos ali com um objetivo e por uma causa muito maior, que é a tentativa de mudar a realidade triste que ainda é o quadro de saúde bucal de muitos brasileiros. Espero que esta premiação me motive mais ainda para contribuir com a sociedade da melhor forma, a partir do que aprendi durante a vida universitária, como também que sirva de estímulo para outros estudantes buscarem oportunidades que nos levem a crescer como profissionais e seres humanos”.

Texto: Tatiana Brandão