Especialista destaca ampliação da atuação farmacêutica durante abertura da 9ª Jornada Farmacêutica da UEPB

21 de setembro de 2016

Com 150 estudantes inscritos, foi aberto na manhã desta quarta-feira (21), no Auditório do Departamento de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó, a 9ª Jornada Farmacêutica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). O evento que acontece até o dia 23 de setembro e tem como tema principal “Diversidade e Inovação na profissão farmacêutica”, está reunindo renomados especialistas na área da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

A solenidade de abertura contou com a presença do Ouvidor da UEPB, professor Flávio Romero, que representou o reitor Rangel Junior; da diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Alessandra Teixeira; da pró-reitora adjunta de Graduação, Maria do Carmo Eulálio; e da diretora do Laboratório de Análises Clínicas (LAC), professora Eliana Maia.

Ao abrir oficialmente as atividades, o professor Flávio Romero deu as boas vindas aos participantes e conferencistas, ressaltando que o evento tem grande importância para a UEPB, visto que permite a realização de um debate e uma discussão pertinente em torno do perfil que se deseja ter dos egressos do curso da Farmácia da instituição. Para ele, o curso de Farmácia tem uma contribuição importante na área de saúde, e a jornada vem ao encontro dessa nova perspectiva, trazendo especialistas que agregam informações para a vida dos futuros profissionais. “Este é um curso que vem, ao longo dos anos, se consolidando pelo ingresso do maior quantitativo de professores com Mestrado e Doutorado, pelo incremento da pesquisa e pela redefinição do projeto político pedagógico”, disse.

A diretora do CCBS, Alessandra Teixeira, disse que a 9ª Jornada vai consolidar as perspectivas do futuro profissional farmacêutico. Ela garante que a jornada vai acrescentar os conhecimentos nas três grandes áreas da Farmácia, que são as análises clínicas, medicamentos e alimentos.

Responsável pela conferência de abertura, o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRG), Tarcísio Palhano, discorreu sobre o tema “Atribuições Clínicas do profissional farmacêutico”. Em sua palestra, o professor, que também é membro da Sociedade Brasileira de Farmácia Clínica, abordou a Resolução Nº 585, que regulamentou as atribuições clínicas do profissional da área. Considerada a lei maior da categoria, a Resolução editada pelo Conselho Federal de Farmácia autoriza e credencia o farmacêutico a ofertar serviços clínicos em qualquer local onde ele atue em seus locais de trabalho.

“A Resolução amplia as atribuições do farmacêutico, que agora pode ofertar uma série de serviços que antes, na concepção de farmácia comunitária, não era permitida” disse. A partir de agora, conforme enfatizou o especialista, a farmácia se caracteriza como estabelecimento de saúde e não apenas comercial. Esse novo conceito permite ao profissional fazer orientações aos usuários sobre o uso de medicamentos, bem como acompanhar o tratamento dos pacientes no que diz questão as prescrições médicas. São ao todo, nove serviços que estão regulamentados pela nova Resolução.

Promovida pela coordenação do curso de Farmácia, em parceria com o Conselho Federal e Regional de Farmácia, a Jornada prossegue até sexta-feira (23), com palestras, minicursos, apresentações de trabalhos de extensão e publicações em revista científica. A Editoria Universitária (EDUEPB) está presente no local, expondo vários livros nas diversas áreas do conhecimento.

“O evento trata de temas atuais relacionados a atuação do profissional farmacêutico. Ao longo do tempo, a profissão vem se firmando nesse contexto e hoje o farmacêutico é reconhecido dentro da equipe de saúde. A UEPB vem se preocupando em estabelecer condições para que os profissionais e acadêmicos se preparem para o mercado cada vez mais exigente”, afirmou a professora Rosemary Sousa Cunha Lima, coordenadora geral do evento. O evento também conta com a colaboração do Centro Acadêmico de Farmácia e do Programa de Educação Tutorial (PET).

Texto: Severino Lopes
Fotos: Clordana Aquino e Leidiana Bem