Empossados novos diretores do Centro de Humanidades da Universidade Estadual da Paraíba

12 de abril de 2016

posse _em_guarabira

Professores, estudantes e servidores técnicos administrativos prestigiaram, na manhã desta terça-feira (12), a solenidade de posse dos novos gestores do Centro de Humanidades (CH) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), do Câmpus III, em Guarabira. Para o exercício do biênio 2016/2018, a comunidade acadêmica reconduziu ao cargo de diretor de Centro o professor Waldeci Ferreira Chagas, do Departamento de História, e elegeu como diretora adjunta a docente Ivonildes da Silva Fonseca, lotada no Departamento de Educação.

Durante a cerimônia, presidida pelo reitor Rangel Junior, também foram empossados os novos chefes de departamentos e coordenadores de cursos do CH, juntamente com seus respectivos adjuntos. Em discurso, o professor Waldeci agradeceu a confiança e a credibilidade conferidas ao seu segundo mandato. “Uma gestão se faz com a participação de todos: professores, estudantes e funcionários. É com base nesse modelo de administração compartilhada que continuaremos pautando o fazer e as ações que visam o desenvolvimento da nossa Instituição, em diversos aspectos. Conseguimos, por meio da Pró-Reitoria de Infraestrutura, avançar em alguns pontos nos dois últimos anos. A meta é seguirmos com as reivindicações e o diálogo permanentes”, disse o diretor.

Por sua vez, a professora Ivonildes relatou a satisfação de poder contribuir com a direção do Centro de Humanidades. “Gostaria de ressaltar a sensibilidade do reitor e do diretor ao reconhecerem a importância e necessidade da mulher no espaço político universitário. Isso é um exemplo para a sociedade. Como professora e ativista social, estou muito contente com esse novo desafio. Desejo agregar forças na busca por melhorias do nosso Câmpus. Agradeço a todos pelo apoio, sobretudo aos estudantes e companheiros de trabalho”, ressaltou a diretora adjunta.

Após parabenizar todos os empossados, o reitor Rangel Junior fez uma reflexão sobre a atual conjuntura política do país. Além de enfatizar as dificuldades socioeconômicas enfrentadas pela sociedade, ele proferiu argumentos em prol da consolidação da cidadania.

“Vivenciamos uma crise de cunho político e econômico, mas não podemos ferir a nossa democracia. Embora estejamos longe da efetivação de uma cultura democrática, capaz de romper com os preconceitos e de aceitar as diversidades, não podemos deixar de lutar pela construção de uma sociedade de iguais, onde cada cidadão seja portador de direitos. E para alcançar esta finalidade, o diálogo torna-se quesito fundamental. No tocante a esse ponto, ressalto a prática do professor Waldeci, que em suas reivindicações não se esquiva do diálogo, pois as demandas são contínuas e a cada problema solucionado um novo surgirá. Essa é a dinâmica que se impõe, mas não nos impede de ultrapassar as barreiras e buscar melhorias”, relatou o reitor.

Para as chefias de departamento, foram empossados: Direito: Kilma Maísa de Lima Gondim (chefe) e Agassiz de Almeida Filho (chefe adjunto); Geografia: Lanusse Salim Rocha (chefe) e Ana Glória da Silva (chefe adjunto); História: Joedna Reis de Meneses (chefe) e Susel Oliveira da Rosa (chefe adjunto); Letras: Leônidas José da Silva Jr. (chefe) e Sueli Meira Liebig (chefe adjunto); Educação: Verônica Pessoa da Silva (chefe) e Marcelo Saturnino da Silva (chefe adjunto).

Já para as coordenações de curso, tomaram posse: Direito: Maria Sônia de Medeiros Santos de Assis (coordenadora) e Jossano Mendes de Amorim (coordenador adjunto); Geografia: Francisco Fábio Dantas da Costa (coordenador) e Rômulo Sérgio Macedo Lins (coordenador adjunto); História: Naiara Ferraz Bandeira Alves (coordenadora) e Carlos Adriano Ferreira de Lima (coordenador adjunto); Letras: Eduardo Henrique Cirilo Valones (coordenador) e Edilma de Lucena Catanduba (coordenadora adjunta); Pedagogia: Rita de Cássia da Rocha Cavalcante (coordenadora) e Débora Regina Fernandes Benício (coordenadora adjunta).

Texto: Simone Bezerril

Fotos: Paizinha Lemos