Departamento de Farmácia da UEPB integra campanha “Dezembro Laranja” em prevenção ao câncer de pele

22 de novembro de 2018

O Departamento de Farmácia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em associação com o Fórum Nacional de Farmácias Universitárias (FNFU), estará integrado à campanha nacional “Dezembro Laranja”, que visa o desenvolvimento de ações para prevenção do câncer de pele. O principal evento para incentivar a comunidade universitária a participar da campanha será o “Fotoeducação”, entre os dias 27 e 29 de novembro e no dia 7 de dezembro.

Coordenada pelos professores Ricardo Olímpio de Moura e Rosemary Sousa Cunha Lima, a campanha, no âmbito da Universidade Estadual da Paraíba, será realizada por docentes e discentes do curso de Farmácia, em diversas localidades da cidade de Campina Grande. Durante o dia 27 de novembro, serão realizadas diversas atividades nos turnos da manhã e tarde, na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó.

As atividades de conscientização prosseguem no dia 28 de novembro, novamente na Central de Integração Acadêmica, no turno da manhã, e em frente ao Museu de Arte Popular, a partir das 15h. Ao longo de todo o dia, as ações também serão desenvolvidas na Universidade Aberta à Maturidade (UAMA) da UEPB, se estendendo neste local até o final de novembro.

No dia 29 pela manhã, durante a Feira de Produtos Agroecológicos, na Praça de Alimentação do Câmpus I, e no Departamento de Educação Física (DEF), também serão realizados trabalhos de conscientização para prevenção do câncer de pele. O encerramento da campanha será no dia 7 de dezembro, no Calçadão da Cardoso Vieira, no Centro de Campina Grande.

A campanha, iniciada em 2012, na Farmácia Universitária da Universidade Federal de Goiás (UFG), foi desenvolvida de modo a atender a comunidade universitária e o público em geral, levando informações sobre o uso correto de protetores solares e cuidados com a pele. Esse ano, a campanha de âmbito nacional tem como tema “Cuidado farmacêutico na fotoproteção”. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), para 2018 estão previstos 165.580 novos casos no Brasil, sendo 2.590 novos casos na Paraíba, atingindo homens e mulheres.

Assim como nas edições anteriores, a campanha visa capacitar futuros profissionais farmacêuticos para a articulação entre conhecimentos, atitudes e comportamentos, com ênfase nas habilidades cognitivas, comunicativas e criativas, sendo capazes de orientar à comunidade enquanto as diferentes formas de proteção à radiação solar. Uma da metas é esclarecer sobre as formas de uso e as diferenças entre os fotoprotetores, além da realização de atividades lúdicas e distribuição de folhetos educativos, enfatizando a importância do uso correto do protetor solar como medida preventiva ao câncer de pele não melanoma.

Texto: Severino Lopes