Campina Grande sediará Conferência Internacional sobre História da Ciência e Educação em Ciências

26 de julho de 2018

Com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande vai sediar, entre os dias e 29 e 31 de agosto, a 11ª Conferência Internacional sobre História da Ciência e Educação em Ciências (ICHSSE). Esta será a segunda vez que a conferência acontecerá no Brasil (em 2010 ocorreu em Maresias-SP) e Campina Grande foi escolhida graças à existência do Grupo de Pesquisa em História do Ensino da Ciência e da Ciência, que funciona no Departamento de Física do Centro de Ciências e Tecnologias (CCT) da UEPB. As atividades da conferência serão desenvolvidas no Museu de Arte Contemporânea (MAC), no bairro do Catolé.

O evento reúne pesquisadores especializados em História e Filosofia da Ciência e Educação Científica. O objetivo é aproveitar a presença dos especialistas para promover um rico debate sobre os múltiplos aspectos da abordagem histórica e filosófica para melhorar a educação científica em um mundo globalizado. Os interessados em participar da Conferência podem efetivar inscrição na página do evento (https://ghcenuepb.wixsite.com/ghcen/xi-ichsse).

O professor Alessandro Frederico da Silveira, do Departamento de Física da UEPB, observou que o evento é singular, pois se trata de uma escola de pós-graduação, em que não há apresentação de trabalhos. Os conferencistas são renomados professores especialistas na área, que vão ministrar palestras na língua inglesa. A 11ª Conferência Internacional sobre História da Ciência e Educação em Ciências é organizada pelos Mestrados em Ensino de Física, Ensino de Ciências e Formação de Professores e, este ano, devido a sua abrangência, contará com patrocínio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Esta edição do evento debaterá as semelhanças entre os objetivos humanistas e o ensino de ciências. A ideia é contribuir para a construção de uma nova perspectiva sobre a ciência e seu significado para a sociedade, bem como melhorar o ensino de ciências da perspectiva do professor e motivar os alunos a aprender ciências.

A Conferência Internacional sobre História da Ciência e Educação em Ciências acontece a cada dois anos, em diferentes países, e será realizada em Campina Grande graças ao trabalho desenvolvido pela GHCEN da UEPB. Em seus 10 anos de existência, o GHCEN, atualmente coordenado pela professora Ana Paula Bispo da Silva, contribui para a pesquisa brasileira sobre a abordagem histórica e filosófica do ensino de ciências. Composto por alunos de graduação e pós-graduação, além de professores do ensino médio, o grupo pesquisa e implementa estratégias de ensino para difundir a história e a filosofia da ciência no ensino de ciências.

Seu foco tem sido a aprendizagem baseada em investigação apoiada por materiais didáticos, com a abordagem histórica e filosófica. Isso inclui pesquisa histórica baseada na historiografia moderna da ciência, planos de aula com uma abordagem histórica e baseada na investigação, replicação de experimentos e instrumentos históricos, materiais multimídia (vídeos e desenhos animados) e peças teatrais.

 

Texto: Severino Lopes