Centro de Ciências Humanas e Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba ganha espaço de convivência

29 de junho de 2016

Area Campus IV (1)

O Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus IV, em Catolé do Rocha, acaba de entregar para os seus mais de 250 estudantes um novo espaço de convivência. Em uma área de cerca de 300 metros quadrados inteiramente reformada, foi construída uma praça com coreto, bancos e mesas, além de uma área verde onde os estudantes, a partir de agora, podem se reunir durante os intervalos de aula ou ainda estudarem utilizando uma rede de acesso à internet sem fio.

Com um investimento de R$ 20 mil com recursos da própria Instituição, o projeto desenvolvido pela Pró-Reitoria de Infraestrutura (Proinfra) da UEPB atendeu uma reivindicação antiga dos alunos do Câmpus IV. Segundo o diretor do CCHA, Edivan Nunes, a área onde o espaço de convivência foi construído era bastante ociosa e uma transformação no local era um pedido recorrente dos estudantes. Agora, ele espera que todos possam desfrutar da nova área desenvolvendo atividades recreativas e também educacionais.

Area Campus IV (4)

“A construção desse novo espaço foi muito importante, porque nossos alunos sempre pediram para que fosse feito algo voltado para o lazer. Após 30 dias de muito trabalho, com a importante participação dos profissionais da Proinfra, entregamos esse espaço de convivência onde além de desfrutarem de uma área verde com mais de 60 metros quadrados, os alunos ainda podem desenvolver atividades de jogos, já que as mesas da praça já vêm com tabuleiro. Do local eles têm acesso à rede de internet sem fio e podem descansar um pouco nos intervalos das aulas”, disse o professor Edivan.

O novo espaço de convivência do Centro de Ciências Humanas e Agrárias de Catolé do Rocha foi construído próximo às salas de aula da Escola Agrotécnica do Cajueiro, para oferecer melhor acesso aos alunos. Além dessa nova obra no Câmpus IV, o diretor do CCHA também destacou as melhorias na infraestrutura em todas as salas de aula, que foram reformadas recentemente.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Divulgação