Câmpus II da UEPB recebe visita do secretário de Ciência e Tecnologia da Paraíba para viabilizar parcerias

1 de abril de 2019

O Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Lagoa Seca, recebeu recentemente a visita do secretário de Ciência e Tecnologia da Paraíba, Cláudio Furtado, que conheceu de perto o trabalho desenvolvido no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) e na Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), onde funciona o Curso Técnico em Agroindústria, e discutiu com o reitor Rangel Junior, bem como com as direções do Centro e da Escola, a possibilidade de parceria para potencialização do uso das estruturas de beneficiamento de produtos agropecuários da Instituição.

A ideia da futura parceria é fazer com que os agricultores das regiões circunvizinhas ao município de Lagoa Seca possam ser contemplados com serviços que agreguem valor aos seus produtos, estimulando a economia local e o desenvolvimento de tecnologias voltadas aos produtos agroindustriais, principalmente aqueles oriundos dos pequenos produtores rurais da região. Segundo o secretário Cláudio Furtado, a iniciativa se fundamenta na linha social que vem sendo realizada pelo Governo do Estado, no sentido de promover ações que venham a diminuir as desigualdades sociais e a erradicação da pobreza.

Para o estabelecimento dessa parceria, as direções da EAAC e do CCAA convergiram no diálogo em busca de investimentos para o aparelhamento de laboratórios, reformas estruturais e aquisição de novos equipamentos, além da possibilidade de asfalto da rodovia de acesso ao Câmpus II. Para isso, deve ser estabelecida uma agenda de esforços mútuos para que a parceria se concretize e sejam aumentadas ainda mais as possibilidades para execução de ações conjuntas entre UEPB e Governo do Estado para o atendimento de demandas sociais, vislumbrando o desenvolvimento da Paraíba.

A visita contou também com a participação do professor Alde Cleber, diretor da Escola Agrícola; do professor José Félix, diretor do CCAA; do diretor do Laboratório de Microbiologia da UEPB, professor Diogo Neder; do supervisor do Complexo Agroindustrial, professor Messias Firmino; do diretor financeiro do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial (Imeq), Alexis Cotta; e da representante da agricultura familiar local, senhora Dilei Schiochet.

Texto: Tatiana Brandão
Fotos: Divulgação