Universidade Estadual da Paraíba e Rede Paraíba de Comunicação lançam programa “CBN Universidade”

21 de setembro de 2018

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com estreia confirmada para as 9h deste sábado (22), o programa “CBN Universidade”, realização da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Rádio CBN Campina Grande, foi lançado oficialmente na noite desta quinta-feira (20), no Coffe Shop São Braz, no Partage Shopping, em Campina Grande. Contando com a presença do reitor da UEPB, professor Rangel Junior; do diretor-presidente da Rede Paraíba de Comunicação, empresário Eduardo Carlos; além de profissionais da Rede Paraíba, da Coordenadoria de Comunicação da UEPB, jornalistas, professores e estudantes da Instituição, o novo produto jornalístico da cidade foi apresentado como mais uma alternativa para a prática do bom jornalismo e prestação de serviço à sociedade.

Com uma hora de duração, sempre das 9h às 10h, o “CBN Universidade” tratará, semanalmente, de temas atuais e de grande utilidade para a sociedade paraibana, além de funcionar como canal de comunicação entre as ações que são desenvolvidas pela UEPB e a população que é assistida em seus diversos níveis de atuação, seja no ensino, na pesquisa ou extensão. De acordo com o reitor Rangel Junior, esse projeto tem tudo para oferecer uma importante contribuição para a sociedade paraibana, uma vez que além da prestação de serviço, a união entre as duas instituições possibilitará a qualificação na formação profissional de dezenas de estudantes envolvidos no projeto.

“Nossa missão é educar, conhecer a realidade através da ciência e trabalhar na formação das pessoas através da educação. A nossa educação prima pelo conhecimento científico e poder fazer isso potencialmente transmitindo para toda a sociedade, através de uma emissora de rádio com o potencial e com a capacidade da Rádio CBN, para nós é motivo de muita alegria. Consolida um trabalho que nós já fazemos, dá uma contribuição importante para a estrutura de comunicação da rádio, rejuvenesce a comunicação, porque está formando jovens para o mercado de trabalho, e, sem dúvida, ganha a sociedade com um tipo de informação produzida com o intuito exclusivo de educar. Temos tudo para ir muto longe e que isso seja apenas o início de um grande trabalho”, destacou o reitor.

O jornalista Carlos Siqueira não poupou elogios à iniciativa e projetou um caminho de grande sucesso para o programa que, além de oferecer um produto de qualidade para os ouvintes da CBN Campina Grande, também exercerá uma função fundamental no desenvolvimento do bom jornalismo. “O ‘CBN Universidade’ será um programa laboratório onde a comunidade que vai sintonizar a frequência 103.5 FM em Campina Grande vai ter a oportunidade de ouvir um material produzido pelos estudantes de jornalismo da Universidade Estadual, com a participação de outras universidades. Esse programa laboratório vai permitir que os estudantes pratiquem o bom jornalismo, porque terão um programa com uma hora de duração para exercitar a boa profissão de jornalista, além de ao mesmo tempo propiciar à comunidade que conheça os projetos desenvolvidos na UEPB. Este é um projeto de mão dupla, onde quem só ganha é o ouvinte da CBN”, destacou o Carlos Siqueira.

O matutino surge como uma nova opção de acesso à comunicação de forma dinâmica, profissional e com o objetivo de contribuir cada vez mais com a democratização do acesso à informação, pautado no uso de ferramentas digitais de última geração, permitindo a interação com o público e a criação de novas linguagens, levando a reflexões, bem como posicionamentos críticos no processo de construção e difusão do saber. Os ouvintes poderão interagir com a produção do programa através das redes sociais oficiais da UEPB, enviando sugestões e opiniões sobre o conteúdo, além de solicitarem informações sobre os serviços prestados pela Universidade.

Prática jornalística desde os bancos da Universidade

O programa “CBN Universidade” nasce em um espaço nobre da comunicação paraibana, mas sua concepção vem do esforço que muitos desempenham a partir do conhecimento que é produzido ainda nos bancos das salas de aula da Universidade Estadual da Paraíba. Ao todo, estão envolvidos nesse projeto cerca de 20 estudantes, além de mais de 10 colaboradores entre profissionais da Comunicação e professores que estão contribuindo para o preparo de um produto de qualidade, pautado nos princípios éticos do jornalismo e na democratização da comunicação.

Segundo o coordenador de Comunicação da UEPB, Hipólito Lucena, essa integração entre ensino e prática profissional é fundamental para a qualificação do ensino que está sendo ofertado pela Instituição, além de oportunizar o desenvolvimento da prática jornalística a partir do exercício da profissão em um importante veículo de comunicação.

“A Universidade tem uma diversidade enorme de conteúdo, de ações, pesquisas, atividades e de inserção na sociedade. Nós vamos tentar refletir esse pensamento que a universidade produz e levar para o ouvinte da Rádio CBN. A UEPB é um celeiro de pesquisa multidisciplinar em todos os ramos do conhecimento. A Rede Paraíba de Comunicação abre esse espaço, que é de informação, mas que também é de aprendizagem. Tudo isso vai contribuir para a formação de novos jornalistas, através de um veículo que cumpre esse papel de forma magistral”, destacou Hipólito.

A jornalista e âncora do programa, Carol Santos, valorizou a oportunidade que todos os envolvidos estão tendo com a execução desse novo projeto e contou um pouco sobre a proposta do matutino. “Vamos mostrar para a sociedade os projetos que são realizados na UEPB, vamos levar para todos os públicos as ações que a Universidade realiza, além de oferecer um conteúdo com informação e prestação de serviço em várias áreas. Vamos informar sobre Educação, Saúde, Cultura, Cidadania, Direito e muito mais. São estudantes que produzem, que buscam a informação e que terão o microfone aberto para praticar o que aprendem na Universidade e levar para a sociedade esses conteúdos”, concluiu.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Tatiana Brandão