Semana do Teatro começa com apresentação de peça teatral voltada ao público infanto-juvenil
26 mar 2013
A- A+

Começou nesta segunda-feira (25), a 4ª Semana do Teatro, uma iniciativa conjunta da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), SESC, Funesc, Governo da Paraíba e Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG). O primeiro espetáculo, direcionado ao público infanto-juvenil e intitulado “Zé Lins – O Pássaro Poeta” da Companhia Engenho Imaginário (João Pessoa), foi apresentado em dois horários no Teatro Municipal Severino Cabral, levando muitas crianças à interação com as artes cênicas.

À noite, no Cine Teatro do Sesc Centro, um grande público assistiu a peça “A Última estação”, dos grupos de teatro Cia do Rosário e Renascer (Campina Grande). A Semana, que segue até a próxima quinta-feira (28), com espetáculos diversos e entrada franca, tem o intuito de celebrar o Dia Mundial do Teatro, comemorado nesta quarta-feira, dia 27 de março.

Espetaculo RochelSeguindo a programação, nesta terça (26), às 9h e às 15h, no Teatro Municipal Severino Cabral, será encenado o espetáculo “Rochel e os Rubis Desaparecidos” do Grupo Teatral Arretado Produções Artísticas (João Pessoa). Com texto de Álvaro Fernandes e direção de Nelson Alexandre, a peça trará muita aventura com os personagens Lua, Beatriz Céu e Rei Urano, em busca dos rubis e da força energética neles contida que salvará a humanidade.

Mais tarde, às 20h, no Cine Teatro do Sesc Centro, ocorrerá a apresentação de  “O Deus da Fortuna” do Coletivo de Teatro Alfenim (João Pessoa). Com direção e texto de Márcio Marciano, criado em processo colaborativo com os atores do grupo, a peça narra a história de um proprietário de terras na longínqua China Imperial. Afundado em dívidas em virtude da crise da produção do arroz e da seda, o Senhor Wang manda erguer um altar em honra de Zao Gong Ming, o Deus da Fortuna, com a intenção de se salvar da falência. Porém, as oferendas são inúteis e o proprietário vê-se obrigado a vender a própria filha a seu credor, como forma de amortização da dívida.

Espetaculo EfemericoNa quarta-feira (27), às 21h, no Teatro Municipal Severino Cabral, será a vez de “Efemérico” da Cia Sírius de Teatro (João Pessoa). Com texto e direção de Eliézer Rolim, a trama conta a história de Jorge Nathan, que foi ator em sua juventude.  Um dia, andando pelo Centro da Capital, ele entra no Teatro Santa Roza, com vistas a escapar de uma forte chuva. Ao entrar, encontra dois funcionários que o avisam que o Teatro está fechado para reforma. Nathan consegue convencê-los a visitar o local e se perde entre as coxias, vislumbrando outra dimensão, onde o sonho, a vida e a morte se encontram num mesmo palco com fantasmas, marionetes e lembranças.

Às 23h, no mesmo local, começará o espetáculo “Boca da Rua” da Cia Fátima Ribeiro (Campina Grande). Com texto de Emilson Formiga e direção de Antônio Nunes, a peça relata a história da professora Anália. Pacata e responsável ela se vê vítima da vizinhança onde mora, por descobrirem sua aventura com um enteado. Depois disso, Anália muda seu comportamento e para se vingar passa as noites acordada, vigiando tudo que ocorre na rua para no outro dia espalhar.

Na quinta-feira (28), às 20h, no Cine Teatro do Sesc Centro , será encenada a peça “aH-Mar”, da Cia do Rosário e o Pinel – Núcleo de Pesquisa e Experimentação Teatral (Campina Grande). Com direção de Duílio Cunha e dramaturgismo de Diógenes Maciel, “aH-Mar” faz uma leitura da tragédia grega “Agamêmnon” de Ésquilo, trazendo um embate entre dois universos distintos, dois pontos de vista para um mesmo ato, duas formas de amar tendo o mar como intermédio e principal testemunha dos muitos planos que cercam a narrativa cênica.

Oficinas, palestras e inauguração da biblioteca do Teatro Municipal Severino Cabral

Inseridas na programação, nesta segunda também foram realizadas as oficinas de Cantigas Populares e de Produção de Texto, destinadas ao público infantil, além da Oficina Comentada de “O Menino que virou Escritor”. As três atividades ocorreram no Teatro Municipal Severino Cabral, uma hora antes de começar os espetáculos.

Na quarta-feira (27), no Miniteatro Paulo Pontes, haverá ainda a mesa redonda “Desafios e Perspectivas do Movimento Teatral Campinense”, com mediação das instituições realizadoras da IV Semana do Teatro. Já às 19h se dará a inauguração da Biblioteca do Teatro Municipal Severino Cabral. Estima-se que o local terá inicialmente mil volumes, com obras sobre as artes cênicas, dança, música e literatura.

No local também ficará disponível ao público um computador com acesso a internet para pesquisa na área cultural. O anúncio da novidade foi feito pela diretoria do Teatro, que este ano completa 50 anos de fundação.

  • © 2014 - UEPB - Universidade Estadual da Paraíba - CNPJ: 12.671.814/0001-37
  • Rua Baraúnas, 351 - Bairro Universitário - Campina Grande-PB, CEP 58429-500, Fone/Fax: 83 3315.3300
  • Desenvolvido por:

    ASCOM-UEPB

    • ascom@uepb.edu.br - Redação
    • webdesigner@uepb.edu.br - Web Designers