Reitor Rangel Junior se reúne com direção da ADUEPB e discute sobre orçamento de 2019 da UEPB

9 de novembro de 2018

Este slideshow necessita de JavaScript.

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, se reuniu na manhã desta quinta-feira (8), no Gabinete da Reitoria, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, com integrantes da direção da Associação de Docentes da Instituição (ADUEPB) para discutir questões que envolvem os recursos orçamentários da Universidade para o próximo ano.

Na reunião, os sindicalistas e o reitor, que esteve acompanhado do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, Luciano Albino, e do pró-reitor adjunto de Gestão Financeira, Ulisses de Farias, discutiram sobre a necessidade de mobilização da comunidade acadêmica para tentar reverter a proposta de orçamento para a Universidade prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2019, que é insuficiente para garantir todas as despesas da Instituição.

Conforme os dados apresentados na reunião, os recursos oriundos do Governo do Estado previstos para a UEPB no exercício do ano que vem são inferiores aos deste ano e, caso a proposta orçamentária seja mantida, não há como a Universidade manter o pleno funcionamento de todas as suas atividades, especialmente porque todos os cortes de gastos possíveis de serem feitos já foram executados. Além disso, segundo os participantes da reunião, a redução no repasse dos recursos orçamentários para a UEPB fere diretamente a Lei 7634/2004.

No próximo dia 13 de novembro, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realiza Audiência Pública para discutir a LOA 2019 e as entidades representativas da Universidade Estadual da Paraíba participarão do ato para apresentar todos os dados referentes às despesas da Instituição e alertar sobre os danos ainda maiores que podem ser causados para a Universidade, caso a peça orçamentária seja mantida.

Texto e fotos: Tatiana Brandão