Projeto “Doce Espera” promove ação do Dia das Crianças para usuários da Clínica de Odontologia da UEPB

10 de outubro de 2019

Ir ao dentista pode ser um desafio grande para muitas pessoas, desde o tempo que se aguarda para inciar o tratamento ou quando o paciente senta na cadeira para realizar os procedimentos. Mas, para tentar superar essa barreira que, muitas vezes, é reforçada pelo sentimento de medo, um projeto de extensão da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) tem oferecido uma acolhida e atendimento diferente para crianças usuárias da Clínica de Odontologia da Instituição.

E, nesta semana, as crianças atendidas pela Clínica Escola vivenciaram momentos ainda mais especiais com o projeto, com a comemoração do Dia das Crianças. A equipe do “Doce Espera” realizou uma campanha de arrecadação de brinquedos que foram distribuídos nos dias de atendimento. Ao longo da manhã da quarta-feira (9) e da tarde desta quinta (10), dezenas de crianças participaram de atividades lúdicas com jogos, músicas, pinturas faciais e outras atividades que tornaram mais atrativas as visitas à Clínica para a realização dos atendimentos odontológicos.

Cauã Alves, 10 anos, que mora em Campina Grande, ficou surpreso ao chegar na Clínica e encontrar praticamente uma festa pronta de Dia das Crianças para ele e outros pequenos. Fã de super-heróis, a festa foi completa ao ser presenteado com o boneco do Homem-Aranha, um dos seus personagens favoritos. “Eu gostei muito dessa festa. Eu gosto de vir para cá, porque antes de ir pro dentista as professoras brincam com a gente”, disse o jovem.

Uma dessas professoras lembradas por Cauã é, na verdade, a aluna Darfny Madureira, do 2º período de Odontologia, que ao lado de seus colegas de turma tenta transformar o ambiente de espera em um momento de descontração e aprendizado sobre questões importantes, não só sobre saúde bucal, mas também de temas que servem para a formação das crianças que utilizam a Clínica. “Além de trabalharmos com eles essa questão do medo, eles acabam tendo um momento de descontração, de brincadeira, que acaba preparando-os para o atendimento”, destacou a estudante.

O “Doce Espera” reúne 13 alunos do Curso de Odontologia que se preparam para oferecer um amplo atendimento para quem procura os serviços da Clínica. Essa atenção começa logo nos instantes de chegada no local. De acordo com a professora Andreza Targino, que coordena o projeto, a iniciativa veio para mudar essa concepção de que, primeiro, doce faz mal aos dentes e, segundo, de que ir ao dentista é uma tortura.

“Nós fazemos uma relação educativa sobre essa questão do doce com a Odontologia. Não é que as pessoas não podem comer doce. É que temos que ter uma relação de educação, de conscientização sobre a limpeza dos dentes, principalmente com as crianças que atendemos aqui na Clínica. Com o projeto, nós fazemos o acolhimento e preparamos as crianças para proporcionar um atendimento mais tranquilo”, explicou a professora Andreza.

Atualmente, o projeto atende cerca de 50 crianças nas quartas e quintas-feiras. “Nossos alunos os acolhem, proporcionam uma interação maior para quebrar a tensão que existe na ida ao dentista. Nós sempre aproveitamos as campanhas de conscientização para trabalharmos temas interessantes dom eles. Foi assim no Setembro Amarelo e, agora em outubro, mês das crianças. Nossos professores aderiram à campanha de doação de brinquedos e, antes da distribuição, as crianças participaram de vários momentos lúdicos”, acrescentou a docente.

A Clínica de Odontologia da UEPB funciona do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), no Câmpus de Bodocongó, com atendimentos que incluem restaurações, serviços de endodontia (tratamento de canal), periodontia (raspagem), cirurgia, ortodontia, dentística e prótese, sendo este um dos mais procurados. Além disso, são realizados atendimentos em odontopediatria, voltado para crianças, e radiologia, reconhecido como um setor de referência em Campina Grande. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h, e das 13h às 17h. O telefone para contato é o (83) 3315-3331.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti