Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB é pioneiro na produção de reportagens em 360 graus

1 de novembro de 2018

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Laboratório de Grandes Reportagens (LABGRAN), projeto de extensão do Departamento de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), é o primeiro no Estado a produzir reportagens em 360 graus. Usando a temática da relação do homem com o semiárido, foram produzidas cinco reportagens que fazem parte das atividades extensionistas da Cota 2017/2018. Esse tipo de conteúdo permite que o público assista uma reportagem decidindo para onde quer olhar, como se estivesse dentro da própria cena.

O semiárido é uma região brasileira propicia à desertificação e é caracterizada também pela escassez de chuvas. Diante dessas dificuldades, o LABGRAN tentou mostrar, em 360 graus, quem são as pessoas que vivem em contato direto com essa região, como elas vivem e como superam suas dificuldades. Além disso, através do Instituto Nacional do Semiárido (INSA), a série de reportagens destacou como as pesquisas tecnológicas e científicas ajudam no desenvolvimento sustentável da região.

Durante os últimos seis meses, a equipe do LABGRAN, composta pela bolsista Aline Barbosa e pela voluntária Fabiana Silva, alunas de Jornalismo, sob orientação do professor Arão de Azevedo, produziu as reportagens em Campina Grande, São Vicente do Seridó e Queimadas. O Instituto Nacional do Semiárido e a cooperativa de crédito CREDUNI foram parceiros do projeto para a construção das reportagens.

O melhor modo de assistir esse tipo de conteúdo é utilizando os óculos de realidade virtual, que permite uma imersão no ambiente em que a reportagem foi feita, possibilitando uma melhor apreensão do conteúdo da reportagem por parte do público. Mas mesmo sem os óculos, o usuário pode ter a experiência em 360 graus, movimentando seu celular ou deslizando o seu dedo sobre a tela. No computador, basta usar a seta para movimentar o horizonte.

No canal do LABGRAN no Youtube estão disponíveis as cinco reportagens produzidas. São elas: Vida de Gado, Vivência, (Con)vivência, O INSA e o semiárido brasileiro e As pesquisas desenvolvidas pelo INSA.

Texto: Aline Barbosa (Estagiária)
Fotos: Equipe Lagbran