Projeto de extensão da Escola Agrotécnica do Cajueiro realiza ação preventiva contra DSTs e drogas

23 de Fevereiro de 2017

Com o objetivo de promover a saúde e a cultura da vida saudável, reforçando a prevenção de agravos e fortalecendo a relação entre as redes públicas de Saúde e de Educação, o projeto de extensão “A Saúde Integral da Juventude”, que foi selecionado pelo edital 2016-2017 da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), já está em execução na Escola Agrotécnica do Cajueiro, no Câmpus IV da Instituição, em Catolé do Rocha.

O projeto visa capacitar os estudantes como agentes multiplicadores dos conhecimentos adquiridos, colaborando com seu pleno desenvolvimento humano e social, bem como gerar uma mudança atitudinal dos adolescentes e jovens envolvidos nas ações, na perspectiva de uma melhor qualidade de vida e de saúde de suas famílias. A iniciativa está sendo executada pelos professores coordenadores, bem como pelos alunos extensionistas/colaboradores e conta com a parceria de diversas instituições da área de saúde do município de Catolé do Rocha.

Entre as ações previstas no projeto estão avaliação clínica e psicossocial dos estudantes e ações de promoção da Saúde e prevenção de doenças e seus agravos, tais como promoção da alimentação saudável, promoção da atividade física, promoção da educação para a saúde sexual e reprodutiva, promoção a prevenção ao uso do álcool, tabaco e outras drogas, além de promoção da prevenção das violências e acidentes.

A coordenação do Projeto é do professor Francisco da Silva Praxedes e conta com o apoio dos professores colaboradores Marcelo Vieira e Bráulio de Freitas, além da nutricionista da Instituição, Larissa Alves Menezes de Sousa. Na quarta-feira (22) aconteceu mais uma ação do referido projeto: o 1º Workshop da Saúde, que reuniu as equipes multiprofissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e do Programa Saúde da Família (PSF).

Psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros destas instituições dialogaram e entregaram material educativo aos estudantes da Escola Agrotécnica do Cajueiro, alertando e informando sobre os malefícios causados pelo uso de álcool e outras drogas, bem como pelo contágio das DSTs/AIDS (principalmente no período carnavalesco).

O evento aconteceu no Auditório do Centro de Ciências Humanas e agrárias (CCHA) e contou com a participação do corpo docente e discente da Escola. Segundo um dos colaboradores do projeto, professor Marcelo Vieira, “as ações previstas no decorrer da execução do projeto visam discutir saúde e qualidade de vida com os estudantes e manter cada vez mais articulada a relação entre Saúde e Educação. E os benefícios dessa parceria nós já conseguimos perceber que é salutar e que trará grandes benefícios para nossos alunos e suas famílias”.

 

Colaboração: professor Marcelo Vieira