Projeto de extensão aprimora percepção de comunidades sobre as arboviroses e o Aedes aegypti

8 de agosto de 2018

O projeto de extensão “Arboviroses e Aedes aegypti: Avaliação da percepção humana e ações educacionais em Saúde”, desenvolvido por equipe de pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está promovendo ações que avaliam a percepção das populações de quatro cidades da Paraíba (Campina Grande, Lagoa Seca, Massaranduba e Puxinanã) com relação às arboviroses e seu principal transmissor.

Apesar das políticas públicas existentes de combate a essa problemática, a equipe tem constatado que ainda existe uma carência de informações relevantes acerca do vetor. Por isso, os pesquisadores compreendem que contribuir repassando conhecimentos básicos e específicos e reforçar o existente é essencial, visto que o inseto possui alto grau adaptativo e dissemina diversas arboviroses que causam diversos casos graves de surtos de dengue e óbitos, além dos casos de microcefalia associados ao zika vírus.

O projeto atua em conjunto com as secretarias de saúde dos municípios visitados, educando as comunidades para que se tornem mais eficientes na identificação do inseto em todos os seus estágios metamórficos. Em breve a equipe extensionista estará disponibilizando um calendário de eventos nos quais serão ministradas palestras a serem ministradas junto a população dos municípios atendidos para difundir ainda mais as ações preventivas contra as arboviroses e seu vetor.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo e-mail projetoextensaoaedes.uepb@gmail.com, pelo endereço eletrônico https://projetoextensaoaed.wixsite.com/letpb ou pelo telefone (83) 3315-3530.