Parceria entre UEPB e Prefeitura de Lagoa Seca garante pavimentação de rua que dá acesso ao Câmpus II

6 de dezembro de 2019

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Prefeitura de Lagoa Seca acertaram os detalhes para a realização de obra que visa melhorar o acesso ao Centro de Ciências Agrárias e Ambiental (CCAA) da Instituição, instalado no município. Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (6), no Gabinete da Reitoria, o professor Rangel Junior recebeu o prefeito Fábio Ramalho para definir os detalhes do serviço que beneficiará a comunidade acadêmica e local que circula pela área que engloba o Câmpus II da Universidade, com a pavimentação de cerca de 500 metros da rua que dá acesso ao CCAA.

Com previsão de ser iniciada no mês de janeiro, a obra será executada mediante compra de todo o material por parte da Prefeitura de Lagoa Seca, ficando sob responsabilidade da UEPB a disponibilização da mão de obra necessária para a realização dos serviços de instalação do calçamento. O reitor da UEPB explicou que o prazo para a conclusão dos trabalhos não deve ultrapassar 30 dias, o que garante que tudo estará pronto antes de ser iniciado o próximo semestre letivo 2020/1. “Essa é uma obra importante, já que atenderemos uma reivindicação de muito tempo da comunidade acadêmia. De modo que também ajudará quem reside naquela localidade”, disse o reitor.

Fábio Ramalho, prefeito de Lagoa Seca, reforçou as palavras de Rangel, atentando para o ganho que receberá aquele espaço, não só na mobilidade, mas também nas mudanças positivas que acontecerão no que diz respeito ao escoamento de água, drenagem, calçamento e a resolução de outros problemas que existem atualmente pela falta desta infraestrutura. “Estamos realizando várias obras no município e, agora, vamos também poder solucionar um problema que vem de muito tempo. Nossa parceria com a UEPB é importante, porque possibilita realizarmos esse tipo de melhoria”, afirmou o prefeito.

A Universidade Estadual da Paraíba e a Prefeitura de Lagoa Seca mantêm outros trabalhos de forma conjunta. Além dessa obra, as instituições trabalham em conjunto com uma turma da Universidade Aberta à Maturidade (UAMA) para os idosos do município, além da realização do projeto de arborização e distribuição de mudas através do horto do CCAA, bem como a análise da qualidade da água e do solo, realizado pelo Laboratório de Solos do Centro. Também participaram da reunião o diretor do Centro de Ciências Agrárias e Ambiental, professor José Félix; a pró-reitora de Gestão Financeira, Giovana Carneiro; e o vereador Nelson Anacleto.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti