Inscrições para formação de novas turmas da Universidade Aberta à Maturidade superam expectativa

12 de fevereiro de 2020

A procura dos idosos pelas vagas disponibilizadas pela Universidade Aberta à Maturidade (UAMA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para a nova turma que funcionará no Câmpus de Campina Grande superou as expectativas. Na última terça-feira (11), dia das inscrições, a movimentação de pessoas a partir de 60 anos foi intensa na sede da UAMA, no Câmpus de Bodocongó. Todas buscando garantir presença no curso “Educação para o Envelhecimento Humano”.

Ao todo, 170 pessoas efetuaram a inscrição e, agora, aguardam serem confirmadas na próxima turma. O coordenador geral da UAMA, professor Manoel Freire de Oliveira Neto, disse que a grande procura reflete a qualidade e a credibilidade que o programa conquistou. “A qualidade do curso faz com que as pessoas procurem fazer parte do programa. A repercussão a partir de quem já fez o curso mostra como a UAMA tem ajudado cada vez mais a melhorar a qualidade de vida do público idoso, através da educação”, comentou professor Manoel.

O curso tem como meta atender a demanda educativa de pessoas da terceira idade, contribuindo na melhoria das capacidades pessoais, funcionais e sociais, por meio da formação e atenção social, exclusivamente para pessoas de 60 anos ou mais. A lista com os selecionados será divulgada no dia 14 de fevereiro e os idosos que constarem nesta lista deverão se apresentar no dia 18 do mesmo mês, às 8h, na sede da UAMA, para confirmar a matrícula e participar da aula inaugural.

A Universidade Aberta à Maturidade é realizada por meio da Coordenadoria Institucional Especial para a Formação Aberta à Maturidade (CIEFAM), desde 2009. Já são 10 turmas concluídas na iniciativa, considerada pioneira no Brasil.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação UAMA