Gincana de Enfermagem promove interação entre alunos e valorização de conteúdo sobre Centro Cirúrgico

13 de junho de 2019

Estimular o trabalho em equipe e inserir o discente em diferentes situações que estimulem a criatividade, ao mesmo tempo que valoriza o conteúdo de um componente curricular são alguns dos principais pontos promovidos pela 5ª Gincana do Processo de Cuidar em Centro Cirúrgico, realizada pelo Departamento de Enfermagem da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). A atividade, vivenciada na tarde desta quarta-feira (12), no Auditório III da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, reuniu alunos do 7º período que, divididos em duas equipes, competiram de forma amistosa entre as provas definidas pela coordenação da gincana.

Responsável pela Gincana de Enfermagem, Sueli de Almeida, professora da disciplina “Processo de Cuidar no Centro Cirúrgico”, explicou que os alunos tiveram um mês para se prepararem para a culminância da competição, que envolveu um total de 13 provas entre atividades culturais, processo criativo, prova de conhecimento, construção de portfólio, além de arrecadação de produtos de higiene pessoal, cobertores e toalhas de banho. Segundo ela, a cada semestre a atividade cresce mais, o que favorece tanto a aprendizagem dos alunos como também a finalidade social do evento.

“Ao longo de todos esses semestres que realizamos a gincana, só escutamos a banca de professores que julga as equipes falar do crescimento, tanto das doações como também da participação dos alunos. Nossa avaliação foi bastante positiva dessa edição, já que além de estimular e promover o conhecimento da disciplina, também conseguimos arrecadar 1.344 itens de higiene pessoal, 56 toalhas de banho e 81 cobertores, que serão divididos e entregues na casa Padre Ibiapino, no bairro de José Pinheiro, em Campina Grande, e em uma comunidade carente na cidade de Alagoa Nova”, afirmou a professora Sueli.

Os alunos que participaram da gincana valorizaram muito o trabalho em grupo que foi realizado, principalmente por estimular o lado criativo e as atividades. A estudante Maria Luíza Alexandre, da equipe “Los Avexados do CC”, apontou os desafios em cumprir todas as 13 provas, trabalhar em sintonia, além do lado social que a gincana tem. “Nós percebemos que esta gincana estimula ainda mais nosso lado criativo, principalmente pelo desafio dela ser realizada no final do semestre, período onde temos que cumprir com muitas atividades. Paralelo a isso, ainda é possível ajudar pessoas que precisam, já que nos empenhamos bastante para arrecadar os materiais pedidos”, disse.

Já Cinthia Valleska, integrante da equipe “Arretados das CME”, apontou que a variedade de provas que tiveram que cumprir já os preparam para situações profissionais que terão pela frente. Ela destacou a participação de todos os integrantes e projetou um crescimento profissional muito grande que uma atividade como essa proporciona. “Essa gincana nos coloca em situações onde temos que liderar a equipe, tomar decisões, além de estimular o trabalho interpessoal. São situações como essas que encontraremos na nossa vida profissional. Dessa forma, nós dividimos tarefas, estudamos e valorizamos demais o trabalho em conjunto”, destacou.

Após avaliação das provas de conhecimento, arrecadação de produtos, além do desempenho criativo durante a disputa, a equipe vencedora foi “Los Avexados do CC”, que consegui acumular 5.500 pontos, contra 3.300 pontos da equipe “Arretados da CME”. Aos vencedores, a gincana proporciona dois pontos na média da segunda unidade, enquanto a segunda colocada obtém um ponto. A banca avaliadora desta edição da 5ª Gincana de Enfermagem contou com a participação da professora Rilva Sueli, do Curso de Odontologia, e do professor Dásio de Araújo, do Curso de Fisioterapia.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti