Docentes de Arquivologia da UEPB são nomeados para gerência do Arquivo Público do Estado da Paraíba

8 de junho de 2019

Após acompanharem o desenvolvimento de políticas públicas relacionadas a arquivística paraibana e integrarem o corpo docente do Curso que é pioneiro no Estado, os docentes de Arquivologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Esmeralda Porfírio de Sales e Josemar Henrique de Melo, foram nomeados, respectivamente, para os cargos de gerente-executiva de Tratamento, Preservação e Difusão do Acervo e gerente-executivo de Gestão Documental e do Sistema de Arquivos, do recém-criado Arquivo Público do Estado da Paraíba.

Segundo o professor Josemar Henrique, a nomeação é o reflexo de um trabalho que já vem sendo desenvolvido pelos docentes desde quando o Curso de Arquivologia acompanhou o Encontro de Gestão documental do Governo do Estado da Paraíba e foram iniciadas as discussões em torno da criação do Arquivo Público do Estado da Paraíba. “Participamos da comissão provisória que apresentou a proposta de regulamentação com todas as normas para o órgão e nos colocamos agora diante do desafio de colocar em prática as propostas que discutimos”.

Para a professora Esmeralda Porfírio, a criação do Arquivo Estadual é um marco na Arquivologia paraibana e a expectativa é que todos os envolvidos nessa etapa de implantação possam contribuir para o fortalecimento da área. Essa reflexão é compartilhada pela diretora executiva do Arquivo Público do Estado da Paraíba, Ana Andréa de Amorim. “A implantação do Arquivo Público do Estado é uma conquista de anos de luta e constitui-se um desafio profícuo para nós uma vez que desejamos contribuir não só com uma visão patrimonialista mas, favorecer a gestão documental, que é nosso principal papel”, avaliou.

Criação do Arquivo Público Municipal de João Pessoa

Seguindo a vertente de regulamentação dos arquivos públicos, a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), atendendo a propositura da vereadora Sandra Marrocos, realiza na próxima terça-feira (11), às 14h, no plenário Senador Humberto Lucena, uma audiência para debater a criação do Arquivo Público Municipal da cidade de João Pessoa. A iniciativa está sendo acompanhada por docentes, discentes e arquivistas da UEPB, que têm fomentado discussões e realizado proposituras relacionadas à institucionalização destes órgãos.

O professor Josemar Henrique de Melo, que integrou por dois anos o Conselho Municipal de Transparência Pública e Combate à Corrupção, destaca a importância desse tipo de iniciativa para permitir que os arquivos das instituições tenham o trabalho reconhecido, possam recolher documentação de todos os órgãos vinculados à gestão e estabelecer políticas de gestão documental.

Texto: Juliana Marques