Direção do CCEA informa sobre o início das inscrições para o curso “Futuro da Democracia Brasileira”

13 de março de 2018

A direção do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas (CCEA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Patos, informa a comunidade acadêmica que estão abertas as inscrições para o curso “Futuro da Democracia Brasileira”, coordenado pelo professor Cidoval Morais de Sousa. As aulas começam no dia 19 de março e acontecerão às segundas-feiras, das 14h às 17h, no Câmpus VII da Instituição.

Para a atividade estão sendo ofertadas 40 vagas. O curso tem como público-alvo a comunidade acadêmica e todos os cidadãos que se interessem pelo debate em questão. A previsão é de que sejam realizados entre 15 e 18 encontros, somando uma carga total de 60 horas/aula. As aulas ministradas no curso se alinham em favor da liberdade, da democracia e da justiça social, sem dispensar o rigor científico ou aderir a qualquer tipo de dogmatismo. A disciplina é facultativa e não integra a grade obrigatória de nenhum curso. No entanto, o curso poderá ser contado como extensão ou disciplina eletiva para graduação e pós-graduação.

Em conformidade com a ementa que resume o conteúdo conceitual, o curso conta com três objetivos complementares que são entender os elementos de fragilidade do sistema político brasileiro que permitiram a ruptura democrática de maio e agosto de 2016, com a deposição da presidente Dilma Rousseff; analisar o governo presidido por Michel Temer e investigar o que sua agenda de retrocesso nos direitos e restrição às liberdades diz sobre a relação entre as desigualdades sociais e o sistema político no Brasil; perscrutar os desdobramentos da crise em curso e as possibilidades de reforço da resistência popular e de restabelecimento do Estado de direito e da democracia política no Brasil.

Além de perfilar à proposta do professor Luís Felipe, da Universidade de Brasília (UnB), o curso inclui ainda três importantes questões ao programa que são o balanço das repercussões internacionais em vários setores; o debate sobre o golpe e as políticas de desenvolvimento regional/ local/ territorial e urbanas; e o debate acerca das políticas públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação.

De acordo com o professor Cidoval, para o curso específico a ser ministrado no Câmpus de Patos, foram articulados e mobilizados pesquisadores de História, Ciência Política, Direito, Sociologia, Economia Política, Administração Pública e tem como colaboradores os professores da UEPB Rangel Junior, Adriano Homero, Luciano Albino, Gilbergues Santos, Luciano Nascimento, Hipólito Lucena, Valmir Pereira e Geraldo Medeiros; além dos docentes Hermano Nepomuceno (UFCG), Ivo Theis (FURB – SC), Carlos Brandão (UFRJ), João Morais de Sousa (UFRPE), Jessé Souza (UFABC), além dos colaboradores internacionais Pedro Andrade, de Portugal, e José Esteban Castro, da Argentina.

Os interessados podem efetuar a inscrição nas secretarias dos cursos que compõem o Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas ou por meio do preenchimento do formulário online.

 

Texto: Tatiany Escarião