Coordenadoria de Relações Internacionais da UEPB apresenta Projeto Solidaris ao Fórum de Diretores

11 de junho de 2019

A Coordenadoria de Relações Internacionais (CoRI) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) apresentou, na manhã desta terça-feira (11), no Gabinete da Reitoria, o Projeto Solidais aos integrantes do Fórum de Diretores dos Centros de Ensino da Instituição. Trata-se de uma iniciativa que tem como objetivo capacitar funcionários acadêmicos e não acadêmicos para melhorar o apoio à comunidade universitária, especialmente grupos com dificuldades especiais. Na oportunidade foram abordadas questões sobre atividades e desenvolvimento de projetos e pesquisas relacionados à inclusão socioeconômica em cooperação com outras instituições.

A apresentação do Solidaris, que é vinculado ao Programa Erasmus+, financiado pela União Europeia, foi feita pelo assessor da CoRI, Christiano Soares, que apontou as áreas de atuação do projeto que podem ser abordadas por pesquisas desenvolvidas na UEPB, além de destacar as ações desenvolvidas pela Coordenação em eventos realizados em outros países. “Dentro do Solidaris os professores podem pensar em trabalhar competências como empreendedorismo, liderança, autonomia, interculturalidade, uso das Tecnologias da Informação e Comunicação, além de comunicação oral e escrita, todas referenciadas para trabalhar sob a perspectiva da educação com inclusão. Paralelo a isso, temos participado de eventos na França, Portugal e Chile, por exemplo, fortalecendo nossas capacidades de internacionalização”, destacou.

O coordenador de Relações Internacionais da UEPB, professor Cláudio Lucena, salientou a oportunidade de apresentar esse projeto aos diretores dos Centros de Ensino da UEPB, uma vez que a Instituição foi recentemente credenciada pela United Nations Academic Impact (Unai), iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que reúne instituições de ensino superior por promover ações no âmbito de vários princípios fundamentais. Segundo o professor, “professores que trabalham sob a ótica da educação inclusiva podem fazer parte de redes internacionais, como o Erasmus+, bem como outras que trabalham nessa mesma perspectiva”, disse.

Também participaram da apresentação do Projeto Solidaris o reitor da UEPB, professor Rangel Junior, e o vice-reitor, professor Flávio Romero. Após a exposição, os diretores de Centro tiraram dúvidas sobre a iniciativa e foram orientados a procurar a CoRI caso necessitem de assessoria técnica em projetos, seja na tradução para a Língua Inglesa ou outras questões que estejam de acordo com a missão do Solidaris.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti