Coordenadoria de Comunicação lança série que conecta ações do presente com o futuro da UEPB

10 de setembro de 2019

Dentro da proposta de divulgar a diversidade de projetos desenvolvidos pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e valorizar a produção da ciência e do conhecimento, conectando o presente com o futuro, a Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Instituição, por meio da TV UEPB, produziu e está colocando no ar, pelo Canal Rede UEPB, o programa “Horizonte”.

A primeira temporada, composta por cinco programas, está disponível ao público na internet no Canal Rede UEPB, no YouTube. Dirigido pelo jornalista e coordenador de Comunicação da UEPB, Hipólito Lucena, produzido pela produtora cultural Rebeca Souza e apresentado pela professora Rozeane Lima, com participação de estagiários de jornalismo da UEPB, “Horizonte” tem uma proposta diversa e foi idealizado no sentido de pensar a natureza, a cultura, a sociedade e suas interligações.

O programa aborda temas atuais que influenciam diretamente na vida da sociedade, a partir do olhar e da contribuição de especialistas, para a construção de um mundo melhor em cada área. Nos primeiros cinco programas foram abordadas experiências e posicionamentos que levam os internautas a refletirem sobre o presente e também a pensar nas expectativas e perspectivas para o futuro.

A primeira edição do “Horizonte” trouxe à tona a temática dos resíduos sólidos e sua importância para a sobrevivência da espécie humana. Os entrevistados foram os professores José Esteban Castro e Luciano Albino. Os dois enfatizaram a problemática das águas no mundo, afunilando para uma perspectiva brasileira. Também foram pensadas as conjunturas político-sociais que envolvem os países, notadamente os da América Latina.

Sensível aos temas de interesse da região, a equipe de “Horizonte” abordou no, segundo programa, a diversidade no Semiárido. O entrevistado foi o diretor do Instituto Nacional do Semiárido (INSA), Salomão Medeiros, que mostrou a diversidade do Semiárido em vários aspectos: social, econômico, ambiental, entre outros. A cultura e as riquezas da diversidade brasileira foram temas abordados no terceiro programa gravado com o grupo de percussão Ayan. A descontraída conversa com os membros do grupo mostrou o trabalho de resistência, da ligação do grupo com a cultura afro-brasileira e seu papel de difusor dos ritmos na sociedade através da música e das escolas formadoras de novos músicos.

O incentivo a ações ecologicamente corretas e que geram alimentos saudáveis e qualidade de vida foi pauta do quarto programa gravado na Feira Agroecológica da UEPB, que está completando um ano de funcionamento. O entrevistado foi o idealizador do projeto, professor Simão Lindoso, que destacou a importância da feira, cujo objetivo é estimular o uso de alimentos orgânicos pela comunidade universitária e também promover maior contato entre o produtor e o consumidor.

A gravação do último episódio da primeira temporada da série, foi com o professor Durval Muniz de Albuquerque Júnior, sobre a edição comemorativa dos 20 anos do livro “A Invenção do Nordeste e outras Artes”, de sua autoria. Em tom emocionado, o professor falou da sua trajetória acadêmica e pessoal, das suas obras e do seu olhar para a conjuntura brasileira atual. Acesse o Canal Rede UEPB e confira os episódios da série “Horizonte” clicando AQUI.

Texto: Severino Lopes