Ciclo de debates promovido pela UEPB discutirá futuro das universidades públicas e seu papel transformador

30 de novembro de 2017

“Outra Universidade é possível”. Com este tema, terá início a partir do dia 12 de dezembro um ciclo de debates promovido pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para discutir a conjuntura atual, o futuro e a missão das universidades públicas do país. A ação “A Universidade Brasileira”, a ser desenvolvida a partir das 8h30, no Auditório do Departamento de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, tem o objetivo geral de debater com a comunidade universitária temas diversos envolvendo questões científicas, tecnológicas, sociais e culturais das Instituições de Ensino Superior (IES).

O tema do ciclo de debates busca promover uma reflexão crítica sobre os rumos da universidade do presente à luz de sua história, buscando contribuir para o processo de sua reestruturação, tendo em vista sua maior relevância para a atual geração e para as gerações futuras. A tarefa implica compreender as transformações e os desafios demandados pela realidade objetiva, buscando renovar e fortalecer os vínculos entre universidade e sociedade, bem como reestruturar a gestão administrativa e acadêmica, tendo em vista a ampliação da qualificação crescente das ações de ensino de graduação e de pós-graduação, pesquisa e extensão, construindo e compartilhando uma cultura humanística e crítica.

Entre outros pontos, o debate incluirá: missão da universidade pública e funções do Ensino Superior; Universidade como protagonista na produção de novos modelos de desenvolvimento planetário; Educação como fator de desenvolvimento humano e inclusão social; Universidade e os desafios da globalização, dos novos conhecimentos, das transformações sociais, culturais, tecnológicas e ambientais; Universidade em face das políticas públicas e da redefinição do Estado; Experiências inovadoras de organização e gestão acadêmica e administrativa.

O convidado para coordenar esse primeiro debate é o professor Naomar Monteiro de Almeida Filho, docente titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, médico, mestre em Saúde Comunitária, Ph.D. em Epidemiologia, doctor of Science Honoris Causa McGill University. Naomar foi professor visitante na Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill; Universidade da Califórnia, em Berkeley; Universidade de Montreal e Universidade Harvard; primeiro titular da Cátedra Juan Cesar Garcia, da Universidad de Guadalajara, México; e professor convidado da Maestría en Epidemiología da Universidad Nacional de Lanús, Argentina.

Desenvolveu as diversas atividades científicas, como Epidemiologia de transtornos mentais, particularmente o efeito de raça, racismo, gênero e classe social sobre a saúde mental. Em sua produção acadêmica, destaca-se uma série de livros-texto sobre o método epidemiológico. Na área de gestão universitária, foi reitor da Universidade Federal da Bahia, de 2002 a 2010. Desde então, tem focalizado sua produção acadêmica em estudos sobre a universidade e sua relação com a sociedade. Também foi presidente da Comissão de Implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia.

Confira o cronograma geral da atividade:

8h30 – Abertura
9h – Exposição dialogada: Contexto da Educação Superior no Brasil (Naomar Monteiro)
9h30 – Comentários (Gestores UEPB)
10h – Debates
10h30 – Lanche
11h – Exposição dialogada: Modelos Inovadores no Brasil: UFABC, UFBA, UFSB (Naomar Monteiro)
11h45 – Comentários (Gestores UEPB)
12h – Debates
12h30 – Encerramento

Texto: Tatiana Brandão