Campanha em redes sociais da Universidade Estadual repassa informações sobre o novo coronavírus

14 de abril de 2020

Engajada na disseminação de conteúdo que ajude a população se manter bem informada sobre o que envolve os problemas relacionados ao novo coronavírus no Brasil, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através de seus perfis oficiais no Twitter, Facebook e Instagram, está promovendo campanha informativa com dados sobre o que é a Covid-19, formas de prevenção, sintomas, rede de atendimento na Paraíba e demais detalhes para levar conhecimento sobre o assunto à população.

A Covid-19 tem casos confirmados no Brasil e mortes registradas, inclusive na Paraíba. É importante lembrar que as pessoas contraem o vírus pelo ar (por gotículas de saliva, do espirro, da tosse, do catarro e da fala de pessoas infectadas), por contato físico (beijo, aperto de mão, abraço), por contato com superfícies não higienizadas (celulares, maçanetas, teclados de computador, corrimão, apoios de transportes públicos, etc) e por via animal (consumo de carnes de animais silvestres).

Os principais sintomas da doença são febre alta, tosse seca ou com secreção, dificuldade respiratória aguda e insuficiência renal. Outros possíveis sintomas são: dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta e diarreia.

As formas de prevenção envolvem: lavar as mãos até a metade do pulso, esfregando também as partes internas das unhas; usar álcool 70 para limpar as mãos antes de encostar em áreas como olhos, nariz e boca; tossir ou espirrar colocando a parte interna do cotovelo à frente do rosto; evitar multidões; usar máscara em ambientes muito cheios ou fechados; evitar tocar olhos, nariz e boca antes de limpar as mãos; manter distância de, pelo menos, um metro de pessoas tossindo ou espirrando; limpar com álcool objetos usados com frequência e evitar cumprimentos com beijo no rosto, abraço ou aperto de mãos.

Não existe tratamento específico contra a Covid-19. Os pacientes infectados recebem tratamento para aliviar os sintomas. O tratamento indicado pelo Ministério da Saúde é repouso e consumo de bastante água. As medidas adotadas para aliviar os sintomas são: medicamentos para dor e febre; umidificador no quarto e banho quente para aliviar a dor de gargante a tosse.

Texto: Tatiana Brandão