Alunos do Curso de Odontologia participam de 2ª Mostra de Estágio na Estratégia de Saúde da Família

12 de junho de 2019

Os alunos do 4º período do Curso de Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Campina Grande, participaram, na manhã desta quarta-feira (12), no Auditório da Biblioteca Central, da 2ª Mostra das Experiências de Estágio na Estratégia de Saúde da Família. A iniciativa teve como objetivo socializar as experiências dos discentes que, ao longo deste semestre, desenvolveram atividades educativas sobre os conhecimentos odontológicos nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) do município.

Foram realizadas rodas de conversa com os usuários do sistema de Saúde e visitas a creches com orientação sobre escovação para crianças, riscos acerca de lesões na boca, atividades na sala de espera das unidades, cuidados com próteses em adultos e repassadas outras informações importantes sobre saúde bucal. De acordo com a professora da disciplina Estágio, Waleska Ohana, as visitas dos alunos foram realizadas ao longo de dez encontros que promoveram uma integração entre profissionais e estudantes, além da troca de conhecimentos que envolvem atividades práticas como essas.

“Nossos alunos vivenciaram experiências importantes, como atividades de educação à saúde bucal, bem como pensando na formação profissional que todos estão tendo. Essas visitas aconteceram entre os meses de março e maio e essa Mostra propõe que eles traduzam tudo aquilo que vivenciaram durante esse período de atuação nas unidades de Saúde. É importante destacar a participação dos preceptores, que ajudam os alunos no desempenho das tarefas, e da possibilidade deles conhecerem uma realidade distinta da que eles estão inseridos em sala de aula”, destacou.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, também participou da Mostra de Estágio e valorizou o aprendizado que esta disciplina oferece aos alunos. Segundo ele, são oportunidades como essa que qualificam ainda mais a formação dos estudantes, além de possibilitar que a Universidade desenvolva atividades em setores fundamentais da sociedade. A estudante Carol Valdivino reafirmou o caráter positivo do estágio, que proporcionou o contato com pacientes além da atenção que envolve a saúde bucal.

“É importante para a nossa formação conseguir sair das paredes da sala de aula e do consultório para esse contato direto com o paciente. Nós encaramos esse estágio para colocar em prática que o dentista não cuida apenas do dente, mas sim das pessoas como um todo. Nossas atividades vão além do céu da boca, já que essa prática acrescenta na nossa vivência e oferece a oportunidade de conhecer outros especialistas na área da Saúde, compartilhar experiências e, acima de tudo, nos tornar profissionais mais humanizados”, apontou a estudante.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti