Alunos da UAMA realizam ação voltada à conscientização sobre violência contra a pessoa idosa

13 de junho de 2019

Com o crescimento da população idosa do Brasil que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), superou a marca dos 30,2 milhões em 2017, é também crescente o número de denúncias de violência contra pessoas com mais de 60 anos. De acordo com informações do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o serviço Disque 100 recebeu mais de 37 mil notificações no ano passado somente dos casos de ações contra a vida de idosos.

Para combater essa realidade, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Universidade Aberta à Maturidade (Uama), promoveu, na manhã desta quarta-feira (12), uma ação de conscientização, na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande. O objetivo foi sensibilizar jovens acerca do tratamento e atenção à pessoa idosa. Durante a atividade foram distribuídos panfletos com informações sobre casos de violência e como combatê-las.

Esta atividade foi promovida em alusão ao dia 15 de junho, data em que se celebra o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. Esse é um assunto que tem chamado atenção de várias camadas sociais, uma vez que as violações mais comuns enfrentadas por pessoas dessa faixa etária são negligência, violência psicológica (configurada quando há gestos de humilhação, hostilização ou xingamentos) e violência patrimonial, segundo ainda dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Juliana Vital e Manoel Freire (UAMA)